Blog da REBOB

Especialistas debatem integração da gestão de recursos hídricos com a agenda de mudanças climáticas

Abertura da Oficina

Foto: Raylton Alves / Banco de Imagens ANA

De 16 a 17 e agosto, a Agência Nacional de Águas (ANA) recebeu a Oficina Mitigação de Mudanças Climáticas: Implicações para o Gerenciamento Integrado de Recursos Hídricos. O objetivo do evento foi discutir as implicações dos compromissos assumidos pelo País, em fóruns internacionais sobre mitigação de mudanças climáticas, para o gerenciamento integrado dos recursos hídricos no Brasil. Além de servidores e dirigentes da ANA, participaram da Oficina especialistas reconhecidos nas áreas de mitigação de mudanças climáticas e de gestão de recursos hídricos.


Duas questões principais foram discutidas durante o evento. A primeira delas é como medidas de redução de gases de efeito estufa podem afetar o gerenciamento dos recursos hídricos no Brasil. O outro tema debatido foi como o gerenciamento dos recursos hídricos pode contribuir para o cumprimento dos compromissos assumidos pelo País – especialmente o Acordo de Paris, aprovado na COP-21 (Conferência do Clima da ONU) em dezembro de 2015 e já assinado pelo Brasil.


Os participantes da Oficina também abordaram as Contribuições Nacionalmente Determinadas Pretendidas (INDC, na sigla em inglês) apresentadas pelo País à Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC na sigla em inglês).


Com os resultados da Oficina de Mudanças Climáticas: Implicações para o Gerenciamento Integrado de Recursos Hídricos, a ANA busca aperfeiçoar seus trabalhos, ampliando a interação da gestão de recursos hídricos com a agenda climática global. Além disso, o evento pode contribuir para qualificar a participação brasileira em discussões internacionais sobre água e clima, como o próximo Fórum Mundial da Água, que acontecerá em Brasília em março de 2018, e a COP-22, marcada para novembro deste ano em Marrakesh, Marrocos.


Texto: Raylton Alves - ASCOM/ANA


Para mais informações: www.ana.gov.br

0 visualização

A Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas - REBOB é uma entidade sem fins lucrativos constituída na forma jurídicos de Associação Civil, formada por associações e consórcios de municípios, associações de usuários, comitês de bacia e outras organizações afins, estabelecidas em âmbito de bacias hidrográficas.

Design & Marketing Digital

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos
  • Telegram
  • LinkedIn App Icon
  • Wix Facebook page