Blog da REBOB

Diálogo Interbacias debate a crise hídrica


A cidade de São Pedro, Interior paulista, recebeu nos dias 19 e 20 de setembro o XIV Diálogo Interbacias de Educação Ambiental em Recursos Hídricos, evento organizado pelos comitês paulistas de bacias hidrográficas. Com o tema “Desafios para Educação Ambiental, Capacitação e Mobilização Social frente à Crise Hídrica”, o evento contou com o apoio das Secretarias Estaduais de Saneamento e Recursos Hídricos e Educação, do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (FEHIDRO), do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) e da Editora Horizonte.


A abertura foi realizada pela Secretária Adjunta de Saneamento e Recursos Hídricos, Mônica Porto, que destacou a importância do processo de capacitação realizado pelos comitês. “Há um trabalho muito grande de esclarecimento, de treinamento, que precisa ser feito e que somente será possível através de uma gestão descentralizada. Chamo atenção para importância da palavra ‘diálogo’ neste evento”, disse Mônica Porto.


Ela ainda pontuou a troca de experiências entre os comitês. “Este é o momento dos comitês apresentarem seus interesses e suas dificuldades visando à construção de uma área de capacitação e de mobilização que melhore a gestão dos recursos hídricos. Todo o Sistema de Recursos Hídricos ganha muito com a realização deste Diálogo”, enfatizou a secretária.


Quem também participou da abertura foi o Prefeito de Tarumã e Coordenador Adjunto do Fórum Paulista de Comitês de Bacias Hidrográficas (FPBCH), Jairo Costa e Silva. “Os desafios são grandes porque estamos vivendo um esvaziamento do poder público, devido ao momento eleitoral. Mas não podemos fazer com que isso seja o mais importante. Queremos traçar um processo de transição. Com o envolvimento de cada representante, somando com o esforço do governo estadual, é que vamos conseguir avançar na questão ambiental”, frisou Jairo Costa.


ELOGIOS


Os participantes destacaram a contribuição do evento para a gestão dos recursos hídricos. Segundo a professora Aureli Martins Sartori de Toledo, da Diretoria de Ensino de Catanduva, o Diálogo é uma oportunidade de aproximação entre as diretorias de ensino e os comitês de bacias hidrográficas. “É oportunidade para efetivamente realizarmos a educação ambiental dentro da escola e fora dela também”, pontuou.


Segundo o Secretário Adjunto do CBH do Pontal do Paranapanema, Murilo Cavalheiro, o Diálogo contou com palestras cujos temas contribuem para a gestão dos recursos hídricos. “Reforça a iniciativa dos comitês de bacias em trocar experiências sobre educação ambiental, além de trazer alguns assuntos relevantes e algumas demandas que o Sistema de Gestão de Recursos Hídricos precisa tratar”, justificou.


EVENTO


No primeiro dia, os destaques foram duas rodas de diálogos. A primeira, com o título “Gestão Integrada de Recursos Hídricos: Lições aprendidas com a Crise Hídrica”, teve como moderador o Coordenador de Recursos Hídricos, Rui Brasil Assis, e contou com a participação de Mônica Porto, do Coordenador da Câmara Técnica de Educação Ambiental (CTEA) dos Comitês dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (CBH-PCJ), Tiago Valentim Georgette, e da Gerente Técnica do Consórcio PCJ, Andreia Borges.


A segunda teve como tema “Capacitação e Mobilização Social: Câmaras Técnicas de Educação Ambiental”, com o técnico André Navarro, da Coordenadoria de Recursos Hídricos, como moderador. Participaram Murilo Cavalheiro e a Secretária Executiva do Fundo Brasileiro de Educação Ambiental, Semíramis Biasoli.


O evento ainda contou com a palestra do presidente da Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas (REBOB) e Governador do Conselho Mundial da Água, Lupércio Ziroldo Antônio, que destacou os trabalhos para a próxima edição do Fórum Mundial da Água, que será em Brasília, em março de 2018. No dia 20, o Prof. Dr. Sandro Tonso conduziu os trabalhos com a palestra com o tema “Desafios para Educação Ambiental, Capacitação e Mobilização Social frente à Crise Hídrica”.


Para mais informações: http://www.sigrh.sp.gov.br/

0 visualização

A Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas - REBOB é uma entidade sem fins lucrativos constituída na forma jurídicos de Associação Civil, formada por associações e consórcios de municípios, associações de usuários, comitês de bacia e outras organizações afins, estabelecidas em âmbito de bacias hidrográficas.

Design & Marketing Digital

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos
  • Telegram
  • LinkedIn App Icon
  • Wix Facebook page