Blog da REBOB

SP possui metade das 20 melhores cidades do País em saneamento


O Instituto Trata Brasil divulgou o novo ranking de Saneamento Básico do País, com as 100 melhores cidades (ano-base 2015). Segundo o estudo, o município paulista de Franca, pela quarta vez seguida, é o melhor colocado do Brasil, sendo que o Estado de São Paulo possui a metade dos 20 primeiros e 26 entre os 100.


Das 10 melhores cidades paulistas, quatro (Limeira, 6ª, Jundiaí, 15ª, Piracicaba, 16ª, e Campinas, 17ª) pertencem à Unidade de Gerenciamento de Recursos Hídricos (UGRHI) dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí.


Os municípios de Suzano (12º) e de São Paulo (20º) estão na UGRHI do Alto Tietê, enquanto outros dois, São José dos Campos (3º) e Taubaté (14º), na UGRHI do Paraíba do Sul. Já Franca, que lidera o ranking, integra a UGRHI do Sapucaí-Mirim/Grande, e Santos, quarta melhor cidade do País, a UGRHI da Baixada Santista.


Outro ponto de destaque é a Sabesp, responsável pela operação em seis cidades das dez paulistas, inclusive as três primeiras do Estado de São Paulo: Franca, São José dos Campos e Santos. Entre os 100 melhores, a empresa figura como operadora em 13 municípios.


Com parceria da consultoria GO Associados, o ranking é baseado nos diversos indicadores de saneamento básico, como acesso ao abastecimento de água, perdas de água no sistema de produção, coleta de esgoto, percentual do esgoto tratado e investimentos e arrecadação no setor (cada indicador tem um ranking). Para conferir todos os dados e as outras cidades paulistas entre as 100 melhores, clique aqui.


SAÚDE

O Trata Brasil realizou um estudo paralelo dos índices de saneamento em relação à saúde. A análise indica que doenças de veiculação hídrica são significativamente mais recorrentes nas 10 piores cidades do País em relação às dez melhores.


No período 2007-2015, a dengue matou 4,52 vezes mais nos dez piores municípios, enquanto houve 5,3 casos de internação de leptospirose a menos nas dez melhores cidades. “Entender a relação direta do aumento de cobertura das ações de saneamento básico com a diminuição de doenças, como leptospirose e doenças diarreicas, é fundamental para evitar ou reduzir sua transmissão”, conclui o estudo, que teve parceria da Reinfra Consultoria.


Para mais informações: www.sigrh.sp.gov.br

0 visualização

A Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas - REBOB é uma entidade sem fins lucrativos constituída na forma jurídicos de Associação Civil, formada por associações e consórcios de municípios, associações de usuários, comitês de bacia e outras organizações afins, estabelecidas em âmbito de bacias hidrográficas.

Design & Marketing Digital

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos
  • Telegram
  • LinkedIn App Icon
  • Wix Facebook page