Blog da REBOB

Desenvolvimento e governança: A água para além da água

Num mundo ideal, o planejamento da gestão dos recursos hídricos leva em conta as necessidades simultâneas de água e procura distribui-la de maneira equânime e compartilhada; no entanto não costuma acontecer assim no mundo real. DESENVOLVIMENTO E GOVERNANÇA serão temas debatidos durante o 8º Fórum Mundial da Água.


A água mantém a vida na Terra e também sustenta todo o estilo de vida da humanidade de forma indispensável, sendo usada para consumo e higiene, produção de alimentos, navegação e geração de energia, dentre muitos outros. Por isso é tão importante uma gestão eficiente dos recursos hídricos; “a água navega para além da água”.


Um dos indicadores de desenvolvimento sustentável em qualquer região do planejar é a forma como os recursos hídricos são usados, gerenciados e compartilhados. A busca por um desenvolvimento que ao mesmo tempo satisfaça as necessidades do presente e não comprometa as demandas do futuro existe a partilha de água e seus benefícios de forma inclusiva, responsável e solidária. Não é possível para qualquer nação a busca pela segurança alimentar, energia limpa, infraestrutura inteligente, consumo responsável, irrigação eficiente, indústria competitiva e crescimento econômico e social sem levar em primeiro lugar a presença (ou ausência) de recursos hídricos e, em segundo lugar, sua gestão eficiente, integrada e compartilhada. Todos estes aspectos se relacionam com a água diretamente.


Este assunto – Desenvolvimento – foi eleito como um dos temas transversais do 8º Fórum Mundial da Água, que acontece de 18 a 23 de março de 2018, em Brasília. Esta será a primeira vez que o Fórum acontece no hemisfério sul e o Brasil foi o país escolhido para sediar este evento, que espera atrair cerca de 40 mil pessoas.

Representação política e investimentos


A gestão de recursos hídricos está relacionada não somente a práticas e tecnologias diretamente ligadas à distribuição, uso e conservação de água, mas também a questões mais profundas de desenvolvimento nacional e representação política. Os organizadores do 8º Fórum Mundial da Água, entre eles o Conselho Mundial da Água (WWC) e a ANA – Agência Nacional de Águas, convergem no entendimento de que programar modelos de desenvolvimento regional exige a participação de diferentes setores da sociedade, precisando contar inclusive com impulso político, investimento, cooperação e envolve, principalmente, uma governança eficaz da água.


Nessa perspectiva, o 8º Fórum Mundial da Água organizará discussões focadas sobre esses assuntos transversais – capacidade, governança, compartilhamento e sustentabilidade, buscando identificar os principais obstáculos e ações necessárias para garantir uma boa gestão dos recursos hídricos e o potencial desenvolvimento que deriva de ações dessa natureza.


Nos debates do item DESENVOLVIMENTO, entrarão questões como o papel da educação e capacitação para a água na busca pelo desenvolvimento sustentável e a busca de novas tecnologias como instrumentos que auxiliem na tomada de decisões e na formulação de políticas públicas. Durante os eventos do Fórum também serão compartilhadas iniciativas de cooperação internacional para o desenvolvimento regional utilizando novas e modernas ferramentas de gestão compartilhada da água.


Além do DESENVOLVIMENTO, o 8º Fórum Mundial da Água elegeu outros cinco temas principais: CLIMA, PESSOAS, URBANO, ECOSSISTEMAS E FINANCIAMENTO.

A Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas - REBOB é uma entidade sem fins lucrativos constituída na forma jurídicos de Associação Civil, formada por associações e consórcios de municípios, associações de usuários, comitês de bacia e outras organizações afins, estabelecidas em âmbito de bacias hidrográficas.

Design & Marketing Digital

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos
  • Telegram
  • LinkedIn App Icon
  • Wix Facebook page