Blog da REBOB

América Latina e Caribe: 30% do lixo vai parar onde não devia

De acordo com a agência das Nações Unidas, mais de 145 mil toneladas de lixo por dia, ou cerca de 30% do total produzido nos países da América Latina e do Caribe, são destinadas a locais inadequados. Até 2050 o lixo gerado na região alcançará 671 mil toneladas por dia.


A geração diária de resíduos sólidos urbanos nos países da América Latina e do Caribe atingiu cerca de 540 mil toneladas, e a expectativa é de que, até 2050, o lixo gerado na região alcançará 671 mil toneladas por dia. É o que revelam dados apresentados pela ONU Meio Ambiente.


De acordo com a ONU ainda existe um déficit considerável, com mais de 145 mil toneladas de lixo, cerca de 30% do total, destinados para locais inadequados diariamente.


O levantamento, que faz parte do Atlas de Resíduos da América Latina, mostra que, em média, a cobertura da coleta na região da América Latina e Caribe supera 90%, mas pode variar de acordo com o país, e diminui sensivelmente nas periferias e áreas rurais.


O tema da poluição, incluindo a causada pelos resíduos, faz parte de uma agenda mundial e foi o principal tópico da Terceira Assembleia da ONU para o Meio Ambiente, que aconteceu em Nairóbi, no Quênia, de 4 a 6 de dezembro. Na ocasião, a ONU Meio Ambiente apresentou o novo relatório “Rumo a um planeta sem poluição”.


Os dados apresentados pela ONU Meio Ambiente mostram que, mesmo com algumas melhorias alcançadas nos últimos anos, cerca de 170 milhões de pessoas ainda estão expostas às consequências desse problema em decorrência dos graves impactos causados ao meio ambiente (solo, ar e água) e à saúde da população.


O relatório mostra que mais da metade de todo resíduo descartado nas cidades latino-americanas é de lixo orgânico, índice que varia de acordo com a renda do país. Enquanto em países de baixa renda, 75% do lixo descartado é proveniente de matéria orgânica, em países com renda mais elevada esse índice é de 36%”.


As informações apresentadas mostram ainda que é comum encontrar resíduos perigosos no lixo doméstico, como baterias, equipamentos elétricos e eletrônicos, remédios vencidos, entre outros. Já a fração restante é composta pelos chamados resíduos secos, como metais, papéis, papelão, plásticos, vidro e têxteis. De modo geral, as iniciativas de reciclagem atingem o índice de 20% em determinadas regiões da América Latina, em grande parte graças à contribuição do setor informal.


Fórum Mundial da Água


A destinação do lixo urbano e a segurança hídrica serão assuntos debatidos no 8º Fórum Mundial da Água que acontece de 18 a 23 de março de 2018, no Brasil. Esta será a primeira vez que o Fórum acontece no hemisfério sul. Cerca de 40 mil pessoas de todos os continentes estão sendo esperadas em Brasília. Cientistas, pesquisadores, políticos, militantes, professores e alunos vão mostrar o que cada país está fazendo em favor do meio ambiente e como solucionam problemas como destinação correta do lixo urbano.


Fonte: ONU Meio Ambiente







A Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas - REBOB é uma entidade sem fins lucrativos constituída na forma jurídicos de Associação Civil, formada por associações e consórcios de municípios, associações de usuários, comitês de bacia e outras organizações afins, estabelecidas em âmbito de bacias hidrográficas.

Design & Marketing Digital

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos
  • Telegram
  • LinkedIn App Icon
  • Wix Facebook page