Sumário da água

Blog da REBOB

Mercado de Soluções promove boas práticas individuais e coletivas


A Vila Cidadã é uma das inovações da edição brasileira do Fórum Mundial da Água

Uma das atrações da Vila Cidadã, integrante do 8º Fórum Mundial da Água, é o Mercado de Soluções – um espaço que apresenta experiências voltadas às boas práticas no uso da água. A ideia é que iniciativas individuais e coletivas possam inspirar os visitantes da Vila a adotarem medidas sustentáveis no cotidiano.


As inscrições foram abertas para pessoas ou instituições apresentarem soluções com vínculo social ou com a natureza. 60 experiências de 10 países (Brasil, Bolívia, Canadá, Colômbia, França, Índia, Nigéria, México, Países Baixos e Palestina) foram selecionadas para expor seus projetos.


Um dos exemplos é a EkoDucha, trazida pela família colombiana de Ricardo Alba. Pai, mãe e o casal de filhos viajam o mundo mostrando soluções ambientais utilizando garrafas plásticas. A EkoDucha é basicamente um assoalho para o chão do banheiro, que armazena a água utilizada durante o banho. Por meio de bombeamento, essa água é transferida para utilização em vasos sanitários.



Fotos: Norton Emerson de Campos Whrhaftig

Segundo Alba, a utilização da EkoDucha pode gerar cerca de 40% de economia na utilização de água. “Este produto é para a vida toda, e mais, as pessoas podem produzir em casa, não é preciso comprar”, ressalta. A família fundou o Eko H20 Group, e já ganharam alguns prêmios pelas iniciativas sustentáveis desenvolvidas e propagadas pela família.


A iniciativa trazida pela empresa Mexicana IonAg+ é voltada para o reaproveitamento das águas das chuvas. O grande diferencial é que por meio de um dispositivo de prata e cerâmica, essa água é filtrada e pode ser usada para consumo humano. Um filtro tem duração de dois anos e pode atender até 5 pessoas.


Segundo o diretor de projetos especiais, Marco Sandavol, 12 mil casas em comunidades carentes do México contam com o Sistema. “Hoje atuamos junto aos governos, que fazem aquisições desses sistemas para comunidades carentes”, afirma. A expectativa é a iniciativa se expande para o Chile, Nepal e Brasil.


O Mercado de Soluções estará disponível para visitação entre os dias 19 e 23 de março. A entrada é gratuita!


Matéria produzida por Priscila Rocha

1 visualização