Blog da REBOB

ANA lança estudo para implementação da gestão integrada de águas superficiais e subterrâneas



Na última quinta-feira (27/09), a Agência Nacional de Águas (ANA) lançou, em seminário realizado em Carinhanha (BA), um estudo para a implementação da gestão integrada de águas superficiais e subterrâneas na bacia hidrográfica do Rio São Francisco. O estudo está sendo efetuado em cooperação com o Serviço Geológico do Brasil (CPRM), que disponibilizará a sua equipe técnica para a execução deste trabalho. Para piloto, foram selecionadas as bacias do rio Verde Grande e Carinhanha, na região do Alto São Francisco.


De acordo com a especialista em Recursos Hídricos da ANA, Márcia Gaspar, “os estudos são fundamentais para subsidiar a gestão de recursos hídricos em nível federal e estadual. Um dos objetivos é enxergar o ciclo hidrológico integrado também na gestão por meio da articulação entre os órgãos de nível federal e estadual”. O trabalho é resultado de uma orientação do Plano de Recursos Hídricos da Bacia do Verde Grande e de uma meta do Plano Nacional de Recursos Hídricos para implementar o projeto piloto de gestão integrada, prevista pelo CNRH, na resolução CNRH 181/2016.


Dentro do escopo, como explicou Márcia, serão abordados levantamento de dados primários, de cadastramento de usuários de águas superficiais e subterrâneas, estudos sobre as rochas, sobre o solo, uso de ocupação do solo, infiltração da água nos aquíferos, estabelecimento das áreas de recarga nessa bacia, mas principalmente com foco na contribuição do aquífero para alimentação dos rios e a integração das águas superficiais e subterrâneas.


O estudo será acompanhado por uma Comissão Técnica de Acompanhamento e Fiscalização (CTAF), com representantes dos órgãos gestores, da ANA, dos comitês de bacias, usuários e universidades que poderão interagir e internalizar o conhecimento que será gerado, além de auxiliar a equipe técnica na coordenação do trabalho, sobre as problemáticas vividas pela população na região, selecionada nas duas bacias.


O coordenador da CCR Médio São Francisco, Ednaldo Campos, participou do seminário e ressaltou a importância do estudo. Para ele, “a iniciativa é fundamental e o mais importante é a participação da população, que toma conhecimento do que será feito e de como será beneficiada a partir da implementação da política Nacional de Recursos Hídricos nas bacias em que residem”.


O seminário foi realizado também em Jaíba (MG), no dia 25/09.


Fonte: CBHSF



A Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas - REBOB é uma entidade sem fins lucrativos constituída na forma jurídicos de Associação Civil, formada por associações e consórcios de municípios, associações de usuários, comitês de bacia e outras organizações afins, estabelecidas em âmbito de bacias hidrográficas.

Design & Marketing Digital

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos
  • Telegram
  • LinkedIn App Icon
  • Wix Facebook page