Blog da REBOB

A Australia encontrou um modo de salvar a água da poluição plástica

A cidade de Kwinana, na Austrália, está experimentando um método incrivelmente simples e eficaz, que está dando excelentes resultados.

O sistema, instalado no verão passado, é chamado StormX e é realmente simples: consiste em uma rede posicionada na saída do tubo de drenagem que ajuda a capturar pequenos e grandes detritos e proteger o meio ambiente de contaminação.


Os canos drenam a água das áreas residenciais para áreas naturais, e o lixo que é frequentemente transportado neles, pode se espalhar para o meio ambiente, sem falar que quando ocorrem chuvas fortes, o lixo é arrastado pelos sistemas de drenagem. Daí a necessidade de encontrar uma solução.


As autoridades da cidade primeiro instalaram duas redes para ver se o sistema funcionava. Os resultados foram surpreendentes. Ao longo de algumas semanas, as redes conseguiram capturar mais de 360 kg de lixo.

A esse ponto, decidiu-se por instalar mais dessas "armadilhas de resíduos" em toda a cidade para minimizar a poluição e os efeitos negativos sobre a vida selvagem e o meio ambiente.


Mesmo que a instalação e a fabricação dessas redes custem cerca de 6.000 euros cada, o sistema é bastante conveniente porque economiza dinheiro em outras frentes. Por exemplo, a cidade reduziu as despesas para a remoção manual de detritos dos tubos de drenagem.


"As redes reutilizáveis do tipo comercial fazem a captura completa dos poluentes maiores e de até 5 mm, incluindo materiais orgânicos (como folhas) que poderiam reduzir os níveis de fósforo e nitrogênio em nossa água. Esta solução econômica para lixos e detritos no escoamento de águas pluviais é altamente eficaz para um 'primeiro descarte'”, explica a empresa que os criou.


As redes foram instaladas em orifícios de drenagem de concreto de 750 mm e 450 mm de diâmetro e foram limpas três vezes. Nenhum animal fora capturado desde o início da operação experimental. As autoridades de Kwinana planejam instalar novas redes em três locais adicionais.


Mas o que acontece quando as redes estão cheias de lixo?


Uma vez saturados, eles são levantados e os detritos são jogados em caminhões especiais e transportados para os centros de triagem. Lá, o material é separado em reciclável e não-reciclável, e depois tratado. As redes são então reinseridas nos tubos de drenagem e continuam a fazer seu trabalho.


Este novo sistema de filtragem prova mais uma vez que as pequenas coisas são importantes, e que focar nelas pode ter um impacto positivo no meio ambiente. É claro que uma coleta correta de resíduos evitaria o problema maior, mas infelizmente sabemos que muitos resíduos acabam se dispersando, trazendo consequências muito sérias.



Fonte: GreenMe

Design & Marketing

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos