Blog da REBOB

Estudo sugere reuso, barragens e captação subterrânea para evitar falta d’água na região em 20 anos

Pesquisa contratada pela Agência das Bacias PCJ aponta ‘criticidade alta’ na quantidade de recursos hídricos em Piracicaba em até 10 anos se não ocorrerem medidas de precaução.



Reuso de água, construção de novas barragens e captação subterrânea de aquíferos são alternativas que um estudo contratado pela Agência das Bacias PCJ (dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí) aponta contra o risco de falta d’água na Bacia do Rio Corumbataí nos próximos 20 anos. A terceira parte do projeto foi apresentada nesta quinta-feira (5 de dezembro de 2019), na agência.


O estudo, que tem previsão de conclusão para março de 2020 e custo previsto de R$ 480 mil, visa estabelecer cenários e planejamento das alternativas de abastecimento de água para os nove municípios que pertencem a esta bacia: Analândia, Corumbataí, Cordeirópolis, Charqueada, Ipeúna, Itirapina, Piracicaba, Rio Claro e Santa Gertrudes.


O levantamento traz as vazões captadas pelos diversos usuários (irrigação, humano, animal e industrial) para os próximos 20 anos e simulações de disponibilidade de água durante o período. Com esses dados, a empresa apresentou um relatório com as ações emergenciais em curto (cinco anos), médio (dez anos) e longo prazo (20 anos), que deverão ser realizadas visando o uso adequado dos recursos hídricos.

Criticidade em relação à abastecimento


“Os municípios que apresentam criticidade alta nos cenários estudados para daqui 10 e 20 anos, ou seja, para os cenários dos anos de 2030 e 2040, foram os municípios de Rio Claro e Piracicaba. No entanto, foram apresentadas soluções que visem atender a estes municípios com criticidade elevada e demais municípios da Bacia Hidrográfica do Rio Corumbataí”, explica a coordenadora de Projetos da Agência das Bacias PCJ, Elaine Franco de Campos.


Segundo ela, Piracicaba e Rio Claro precisam de medidas paliativas já para o cenário de 2030.


Para cada conflito evidenciado (maior demanda de água em relação à disponibilidade hídrica), foram apresentadas no mínimo duas alternativas. O Grupo de Acompanhamento Técnico terá que escolher, entre estas duas, qual alternativa é mais viável para cada município.

Medidas propostas


As alternativas indicadas foram construções de barragens para regularização de vazão no Ribeirão Claro, no Rio Corumbataí e na confluência do Passa Cinco com o Ribeirão Cabeça, além de obras de Estação de Tratamento de Esgoto de Reuso no município de Rio Claro e exploração de águas subterrâneas.


A água de reuso seria para atividades industriais, mas ainda é preciso um estudo de mercado sobre possíveis fontes. As barragens ficariam em três eixos.


No caso dos recursos subterrâneos, existe potencial para exploração de águas no Aquífero Serra Geral e Tubarão e na maioria dos municípios no Aquífero Guarani.


“No entanto, é importante ressaltar que além destas três alternativas sugeridas, o estudo pontuou algumas ações de gestão para todos os municípios da bacia, como alcançar as metas do Plano de Bacias PCJ (2010-2020) para diminuir as perdas hídricas dos sistemas de abastecimento do município, melhoria na infraestrutura das ETAs (Estações de Tratamento de Água) dos sistemas, melhoria da infraestrutura das captações, dentre outras”, acrescenta Elaine.

Chuvas isoladas


Piracicaba (SP) registrou um volume de chuvas dentro da média esperada para o mês de outubro. No entanto, essa precipitação foi concentrada em poucos dias e acompanhada de muito vento e raios. Professor e pesquisador da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP), Fábio Marin alerta para o risco de erosão na agricultura por conta de “pancadas” isoladas. Ele apontou que “quanto mais distribuída, melhor”.

FONTE: G1.

0 visualização

A Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas - REBOB é uma entidade sem fins lucrativos constituída na forma jurídicos de Associação Civil, formada por associações e consórcios de municípios, associações de usuários, comitês de bacia e outras organizações afins, estabelecidas em âmbito de bacias hidrográficas.

Design & Marketing Digital

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos
  • Telegram
  • LinkedIn App Icon
  • Wix Facebook page