Blog da REBOB

Representantes dos Comitês de Bacias Hidrográficas se reúnem na Cetesb

Encontro realizado no dia 10 de março buscou alinhar diretrizes e metas nos projetos tratados nos grupos em São Paulo


Representantes da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) nos Comitês de Bacias Hidrográficas (CBHs) do Estado estiveram reunidos em 10 de março, na capital, para destacar a importância do papel da agência no Sistema Estadual de Recursos Hídricos e como os interlocutores podem colaborar no aperfeiçoamento de projetos em discussão nos CBHs, com o apoio técnico das diversas áreas técnicas da entidade.


Segundo a diretora-presidente da Cetesb, Patrícia Iglecias, todos os pontos de interesse que estejam em pauta nos Comitês devem ser levantados pelos representantes, bem como as decisões e as dificuldades encontradas nas reuniões plenárias ou nas Câmaras Técnicas.


Posteriormente, essas questões devem ser repassadas ao Grupo Técnico de Acompanhamento, instalado na empresa para acompanhar o que vem sendo discutido nessas reuniões. Esse trabalho será acompanhado pelo representante na presidência, o assistente-executivo, João Potenza, e também pela interlocutora entre os representantes dos CBHs, a assessora Maria Emília Botelho.


“É importante que haja um entrosamento entre todos os representantes. De parte da presidência, estamos coordenando esta representação nos Comitês de Bacias, com diretrizes e metas a serem atingidas”, afirmou Patrícia Iglecias.

Aprimoramento


A reunião também teve a participação do coordenador de Recursos Hídricos da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado (SIMA), Rui Brasil Assis, que apresentou um breve histórico do Sistema de Gerenciamento de Recursos Hídricos, abordando acontecimentos da década de 1980, a evolução dos Comitês, bem como a importância do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro) em alavancar seu funcionamento.


O coordenador falou, ainda, sobre a situação atual do Sistema Integrado de Gerenciamento de Recursos Hídricos do Estado de São Paulo (SIGRH) e desafios da Coordenadoria, como o aprimoramento dos planos de recursos hídricos, o desenvolvimento de diretrizes para o enquadramento/reenquadramento dos corpos de água e a revisão do modelo de agência de bacia, entre outros.


“Foi um espaço para trocar ideias e responder questões de interesse dos participantes da Cetesb nos CBHs”, concluiu Rui Brasil Assis.


Fonte: Governo do Estado de São Paulo


22 visualizações

Design & Marketing

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos