Blog da REBOB

Estação de Tratamento de Esgotos em Israel reduz 40% a DBO com 7% de aumento da vazão utilizando a b

Objetivo


Manter a estabilidade de degradação de DBO com o aumento de vazão da ETE.



Projeto


O sistema de tratamento da cidade de OG, em Israel, recebe parte do esgoto gerado na cidade de Jerusalém.

A ETE é composta por lagoas aeradas e facultativas, divididas em duas linhas, 1 e 2, conforme figura abaixo:



A linha 1 recebe cerca de 60% da vazão diária de efluente.


DBO média de saída final de 30 mg/L.


A vazão diária média era de 25.600 m³/dia entre o período de novembro-18 a março-2019.


Devido à novas ligações de redes de esgoto houve um aumento de 7% na vazão.


Por conta do aumento de vazão era esperada uma queda na taxa de oxigenação do sistema e, consequente queda na eficiência total do sistema para degradação de carga orgânica.


Preocupados em atender a rigorosa legislação israelense, os dirigentes de OG optaram por utilizar as soluções biotecnológicas da SUPERBAC em uma das linhas como forma de avaliação de uma possível manutenção de eficiência em degradação de carga orgânica, sem qualquer alteração física no sistema de tratamento.


Em novembro de 2019, a SUPERBAC iniciou as dosagens de suas soluções biotecnológicas na linha 2.

Resultados


Como apresentado no gráfico 1, entre os meses de novembro-2019 e março-2020, a Linha 1 (sem tratamento SUPERBAC) obteve valores absolutos médios de DBO, na saída final da linha, de 57 mg/L, sendo que a Linha 2 (com tratamento SUPERBAC), obteve valores absolutos médios de DBO, na saída final da linha, de 40 mg/L, uma redução de 13 % em relação à Linha 1.


No gráfico 2, apresentamos os resultados comparativos de DBO da saída final unificada, ou seja, a junção da saída das linhas 1 e 2 entre os períodos de novembro-2018 a março-2019 (sem dosagens SUPERBAC) e novembro-2019 a março-2020 (com dosagem SUPERBAC) com as vazões médias aferidas em cada período.


Como expressado no gráfico 2, houve uma redução de 40% no valor absoluto médio de DBO (mg/L) na saída final unificada das linhas 1 e 2 e aumento de 7% na vazão média (m³/dia) entre os períodos sem tratamento SUPERBAC (novembro-2018 a março-2019) e com tratamento SUPERBAC (novembro-2019 a março-2020).

Com base nos resultados obtidos, o tratamento foi expandido para a linha 1.



Monique Zorzim

Gerente Técnica



Fonte: Portal Tratamento de Água

0 visualização

A Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas - REBOB é uma entidade sem fins lucrativos constituída na forma jurídicos de Associação Civil, formada por associações e consórcios de municípios, associações de usuários, comitês de bacia e outras organizações afins, estabelecidas em âmbito de bacias hidrográficas.

Design & Marketing Digital

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos
  • Telegram
  • LinkedIn App Icon
  • Wix Facebook page