Blog da REBOB

Reduzir perdas é ser eficiente, respeitar o cliente e os recursos hídricos


Cuidar da água que está à disposição para consumo imediato, que já passou por todo o processo complexo de captação e de purificação, gera inúmeros benefícios para a Sabesp e para seus mais de 27 milhões de clientes, especialmente durante o período que a sociedade atravessa. Além de atuar na captação, tratamento e distribuição, a Sabesp também está atenta às perdas de água que ocorrem no caminho entre as estações de tratamento e as ligações. Afinal, não podemos investir tanto em coletar a água, tratar, distribuir e depois perder esse bem pelo caminho. É um trabalho ininterrupto que coloca nas ruas, diariamente, diversos profissionais para detectar vazamentos e irregularidades, realizar serviços e executar obras com o intuito de diminuir o índice de perdas da companhia. Essas atividades são realizadas em todos os municípios em que a Sabesp atua, sendo as regiões alvo das intervenções definidas com base em estudos. Todo esse esforço tem o propósito de prevenir e reduzir essas perdas, sejam elas provenientes de vazamentos, fraudes ou falhas de medição. É um trabalho contínuo e permanente de manutenções preventivas e corretivas, de renovação da infraestrutura e de aumento da eficiência operacional, porque se nada for feito, as perdas no sistema de abastecimento tendem a aumentar naturalmente, uma vez que as tubulações e hidrômetros envelhecem e sofrem desgaste com o uso e, sem um maior controle, as irregularidades (fraudes) tendem a crescer.

Obras contínuas e permanentes



Há mais de duas décadas, o combate às perdas faz parte da rotina operacional da empresa. Em 2009, este trabalho foi intensificado com a criação do Programa Corporativo de Redução de Perdas que, em 2013, passou a ter a parceria financeira e tecnológica da Japan International Cooperation Agency (Jica), agência de fomento do Japão – país que é referência mundial em tecnologia de controle de perdas.


Do total de obras, 46 fazem parte do escopo financiado pela Jica. Destas, 31 estão em execução em nove unidades de negócio. Outras 6 frentes de trabalho terão início ainda este ano e 9 já foram concluídas, totalizando um investimento de cerca de R$ 843 milhões até o final dos contratos, em 2022.


Hoje, trabalhos para identificação de perdas continuam a ser realizados e seguem todas as orientações para prevenção da Covid-19


Além dos ganhos com a redução de perdas, essas obras estão gerando aproximadamente 1.000 empregos diretos, outro grande benefício, em especial neste momento difícil.


Em parte dessas obras está sendo realizada a avaliação dos resultados obtidos com as intervenções realizadas em dois momentos, antes e após a execução da obra, de modo a garantir a assertividade dos resultados aferidos. Esses resultados são animadores, apresentam uma redução média de 80% nos indicadores de perdas.

Números de sucesso


Com um pouco mais de uma década de existência, o programa trouxe uma economia de 137 bilhões de litros de água, volume suficiente para abastecer, durante um ano, uma população de mais de 1,5 milhão de habitantes, o equivalente à soma da população dos municípios de São Bernardo do Campo, Santos e Franca.


Com essa atuação, a Sabesp permite que mais água de qualidade chegue às residências, melhorando a operação e a gestão dos sistemas de abastecimento de água, buscando reduzir os prejuízos decorrentes dessas perdas e aumentando a satisfação de seus clientes, além de cuidar da imagem da companhia.



Fonte: Sabesp

26 visualizações

Design & Marketing

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos