top of page
Sumário da água

Blog da REBOB

Monitoramento da qualidade das águas do RN é tema de evento promovido pelo Igarn



O Governo do Estado do Rio Grande do Norte, através do Instituto de Gestão das Águas do RN (Igarn), promoveu nesta sexta-feira (31), a Mesa Redonda “Monitoramento da Qualidade da Água e Balneabilidade: Ações no RN”, no auditório do Parque das Dunas. O evento encerrou as comemorações da Semana da Água 2023.


O diretor-presidente do Igarn, Auricélio Costa, abriu o evento falando sobre as atribuições do Igarn, enquanto órgão responsável pela gestão das águas do RN.


“Fazemos o monitoramento dos volumes dos principais reservatórios e da qualidade da água bruta, realizamos vistorias de segurança de barragens, fiscalizações sobre usos, licenciamento de obras hídricas e regularização de usos das nossas reservas hídricas. Todas ações importantes para garantir água em quantidade e qualidade adequadas para a população”, disse.


Após a abertura do evento, teve início a mesa redonda. A primeira apresentação foi proferida pela técnica do setor de Monitoramento do Igarn, Gláucia Luz. Ela falou sobre o monitoramento da qualidade da água, realizado em 63 pontos de corpos hídricos do RN, incluindo açudes, trechos de rios e lagoas.


"Nós analisamos 18 parâmetros, incluindo os físicos, químicos e biológicos. A verificação dos parâmetros é feita através de análises laboratoriais ou por medições no próprio ponto de coleta, através da utilização de uma sonda multiparamétrica. A partir dos resultados das análises, temos condições de calcular os índices de qualidade da água e de estado trófico”, explicou, Gláucia Luz.


Em seguida, a coordenadora de Monitoramento de Corpos Hídricos e Cadastro do Igarn, Luana Sousa, falou sobre a Gestão de Dados Hidrológicos (GDH), desenvolvido pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA). O estado do Rio Grande do Norte foi um dos primeiros estados do Brasil a aderir ao projeto, e contribuiu de forma significativa ao desenvolvimento do sistema.


“O principal objetivo do programa é construir e alimentar a rede nacional de informações hidrológicas, por meio de coleta, armazenamento, processamento e disponibilização dos dados volumétricos dos reservatórios. Diariamente os observadores visitam os mananciais monitorados e fazem a leitura na régua linimétrica, informando a cota do reservatório. Os dados são recebidos pelos técnicos do IGARN, no sistema GDH, e disponibilizados no site do instituto para toda a sociedade”, explicou.

O monitoramento da qualidade e o tratamento da água destinada ao consumo humano, foi tratado pelo gerente de Qualidade e Meio Ambiente da Caern, Canindé Moraes.


Monitoramos a qualidade da água, desde a captação no manancial, seu processo de tratamento, distribuição e redistribuição para consumo humano. Também monitoramos os efluentes, tanto na fase de tratamento até o lançamento no corpo hídrico receptor”, disse.


O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) tem a atribuição legal de realizar o monitoramento ambiental, que inclui o monitoramento da qualidade da água. A representante do Núcleo de Monitoramento Ambiental do órgão, Regina Macêdo, fez sua apresentação falando sobre o programa “Água Azul”.


“O programa Água Azul, existente entre os anos de 2008 a 2017, monitorou a qualidade da água superficial e subterrânea, além da balneabilidade. Isso gerou um histórico da qualidade das águas do RN no período. Atualmente, apenas os estudos de balneabilidade estão em andamento”, explicou.


Finalizando as apresentações do dia, o professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN), André Calado, explanou sobre os estudos de balneabilidade das águas das praias potiguares.


“Já monitoramos, de forma contínua, a qualidade da água desde 2001. De maneira geral, nossas praias possuem uma qualidade de balneabilidade muito boa. Entretanto, existem pontos que não acompanham esse padrão de boa qualidade devido a receberem, principalmente, o lançamento de esgotos. Semanalmente os resultados são disponibilizados na página do Idema para consulta da sociedade”.


O evento contou com a presença ainda do subcoordenador da Defesa Civil do RN, Dalchem Viana; da representante da Deputada Federal, Nathália Bonavides, Rayane Andrade; e do representante do deputado Estadual, Francisco do PT, Vinícius Klause.


Fonte: IGARN

9 visualizações

Comments


bottom of page