top of page
Sumário da água

Blog da REBOB

Reunião trata da situação estrutural do Canal do Pataxó



Uma reunião realizada na tarde desta segunda-feira (22) tratou sobre a problemática da estrutura do canal do Pataxó e os riscos de comprometimento no abastecimento hídrico. Participaram do encontro representantes da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos hídricos (Semarh), do Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte (Igarn), da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern), do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piancó-Piranhas-Açu (CBH-PPA), da empresa Licerta, prestadora de serviços no Canal, e dos agricultores da região, mantendo um caráter democrático e participativo.


Atualmente o Igarn possui 24 usuários de água cadastrados que usam águas advindas do canal do Pataxó, com finalidades de uso para a irrigação e carcinicultura. O canal do Pataxó serve de captação para a Adutora Sertão Central Cabugi, que abastece oito cidades e comunidades de Santana do Matos (Mulungu, Santa Maria, Tapuia e São José da Passagem). Além de Cachoeira do Sapo no município de Riachuelo.


Durante o encontro a empresa Licitar informou que existem, atualmente, aproximadamente 100 pontos com necessidade de manutenção na estrutura do canal. Diante do exposto, foi definido que será realizada a atualização da comissão que trata da situação do Canal do Pataxó; o Igarn realizará a medição da vazão no ponto final do canal, conhecido como Bico do Pato, bem como nas proximidades de possíveis pontos de captação, a fim de compreender qual a vazão necessária para a manutenção do abastecimento sem comprometimento da obra.


Definiu-se também que a Semarh e o Igarn realizarão a defluência para o Rio Pataxó, através da Barragem Pataxó e a medição de vazão, visando suprir a demanda dos usuários atendidos atualmente pelo canal. A Semarh, Caern e a empresa responsável pelo Canal, realizarão a verificação da estrutura danificada para programar as devidas manutenções.


Histórico da problemática


No dia 12 de maio de 2023 foi enviado um ofício, através do CBH-PPA, seguindo deliberação da comissão de acompanhamento de Alocação de ARG, ao IGARN, solicitando o aumento da vazão do Canal do Pataxó de 450 l/s para 1.300 l/s.


No dia 18 de maio de 2023 a equipe técnica do setor realizou a atividade, de acordo com a solicitação. No entanto, no dia seguinte, 19 de maio de 2023, o Instituto foi informado sobre a problemática da estrutura do canal, e os riscos de comprometimento no abastecimento hídrico.


Por consequência da histórica falta de manutenção, nas proximidades da válvula de regulação existe um trecho de vazamento crítico, o qual apresenta risco de rompimento à estrutura do canal,que pode ser agravado pelo aumento da vazão na data supracitada.


Do IGARN


Fonte: CBH Piancó-Piranhas-Açu

5 visualizações

Comments


bottom of page