top of page
Sumário da água

Blog da REBOB

Vem aí: Lançamento do Programa de Conservação e Produção de Água na bacia do Rio Maracujá



No próximo dia 21 de março (terça-feira), como parte das comemorações em torno da Semana da Água, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas (CBH Rio das Velhas) fará o lançamento oficial das ações do Programa de Conservação e Produção de Água na sub-bacia do Rio Maracujá, em Ouro Preto. A ação acontece a partir das 10h30, no Parque Natural Municipal de Cachoeira do Campo, e tem apoio da prefeitura de Ouro Preto e Subcomitês Nascentes e Rio Itabirito.


Dentre as ações do Programa na região, estão previstas a realização de caracterização geral da bacia, com ênfase nos fatores que contribuem para as condições atuais de degradação; desenvolvimento de base cartográfica, incluindo mapas de uso e ocupação dos solos, pedológico, fundiário, de rede hidrográfica e de susceptibilidade à erosão; realização de levantamento de campo em propriedades rurais, identificando os principais passivos ambientais e possibilidades de intervenção para prevenção, controle, mitigação e recuperação das áreas degradadas; elaboração de projeto básico e executivo para execução de ações de conservação do solo, mitigação e controle de erosão em propriedades; e elaboração de projeto básico e executivo para a estabilização e recuperação dos focos erosivos selecionados.


Com um rico e histórico passado, a sub-bacia do Rio Maracujá, no Alto Rio das Velhas, vive em alerta contra a degradação ambiental provocada pelas voçorocas e poluição. Todo esse impacto atinge diretamente a represa Rio de Pedras, em Itabirito, um dos poucos barramentos de água em uma região estratégica para o abastecimento da Grande BH. Esse cenário de degradação tem motivado o CBH Rio das Velhas a pensar soluções de revitalização para o território.


Saiba mais sobre os problemas e desafios na Bacia do Rio Maracujá:



Ação integra Programa de Conservação e Produção de Água


Lançado em 2021, o Programa de Conservação e Produção de Água na bacia do Rio das Velhas consiste no desenvolvimento de ações com o objetivo de maximizar o potencial de produção de água nas sub-bacias hidrográficas, a partir do planejamento e da execução de Soluções baseadas na Natureza (SbN).


Com duração de seis anos, o Programa atua em áreas definidas como prioritárias em complemento aos projetos hidroambientais que o Comitê já executa, sendo construído em parceria com os Subcomitês. Entre as principais ações, estão a adequação de estradas rurais, garantindo frenagem eficiente e combatendo o assoreamento de cursos d’água, a recuperação de pastagens, a regularização ambiental das propriedades rurais, a implantação de cercas de aceiros e o fornecimento de insumos de produção.


Além do Rio Maracujá, no Alto Rio das Velhas, figuram como sub-bacias selecionadas no Programa o Rio Ribeiro Bonito, no Médio-Alto, o Ribeirão Soberbo, no Médio-Baixo Rio das Velhas, e o Córrego das Pedras, no Baixo.


O Programa de Conservação e Produção de Água da bacia do Rio das Velhas é integralmente financiado com recursos oriundos da Cobrança pelo uso da Água.


Saiba mais sobre o Programa de Conservação e Produção de Água na bacia do Rio das Velhas:



Serviço:

Lançamento do Programa de Conservação e Produção de Água na bacia do Rio Maracujá Data: 21/03/2023 (terça-feira) Horário: 10h30 Local: Parque Natural Municipal de Cachoeira do Campo / Ouro Preto-MG


Assessoria de Comunicação do CBH Rio das Velhas: TantoExpresso Comunicação e Mobilização Social *Texto: Luiz Ribeiro *Foto: Leo Boi


Fonte: CBH Rio das Velhas

16 visualizações
bottom of page