6ª Edição do Prêmio Ação pela Água premia 38 finalistas divididos em quatro categorias

03/12/2012

 

Cerimônia de Premiação contou com a presença 400 pessoas entre convidados, autoridades e imprensa da região
 

O Consórcio Intermunicipal dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Consórcio PCJ) realizou na última terça-feira, dia 27, a Cerimônia de entrega do 6º Prêmio Ação pela Água no Espaço LeBlanc, em Americana (SP). Os 38 finalistas conheceram as suas colocações (divididos em primeiros, segundos e terceiros colocados) nos temários de cada uma das quatro categorias: Sociedade Civil, Iniciativa Pública, Iniciativa Privada e Pesquisa e Inovação.


O evento contou com as presenças do Presidente do Consórcio PCJ e prefeito de Hortolândia (SP), Angelo Perugini, do vice-presidente da entidade e prefeito de Americana (SP), Diego Denadai, o chefe de gabinete da Agência Nacional de Águas (ANA), Horácio Figueiredo Júnior. Representando as secretarias de Saneamento e Recursos Hídricos e de Meio Ambiente, estiveram presentes Zuleica Perez e Camilo Gava, respectivamente. Diversos veículos da imprensa regional estiveram, também, no evento.


No total 14 prefeitos das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (PCJ) também estiveram presente, prestigiando a premiação, que foi conduzida pelos jornalistas com experiência em sustentabilidade e meio ambiente, Rosana Jatobá (Rádio Globo) e Rui Gonçalves (Globo News).

“É uma satisfação enorme estar aqui para falar daquilo que garante a vida: a água”, falou Rosana antes de iniciar as apresentações dos ganhadores.


Rui também agradeceu imensamente o convite do Consórcio PCJ e disse que se sente muito à vontade em participar dos eventos da entidade. “Tenho um laço de amizade muito grande com o PCJ [Consórcio PCJ]”, atentou ele.


O Presidente do Consórcio PCJ e prefeito de Hortolândia (SP), Angelo Perugini, agradeceu a todas as 77 iniciativas que foram enviadas ao 6º Prêmio Ação pela Água e que todos já são vitoriosos, independente se são finalistas ou que colocação alcançaram. “todas as 77 iniciativas que enviaram seus projetos são vencedores e estão contribuindo para a ampliação da oferta de água em quantidade e qualidade. Por isso, em nome do Consórcio PCJ, o nosso muito obrigado a vocês, por acreditarem que um futuro sustentável começa por maior respeito pela água”, disse ele.

Os premiados


A premiação foi conduzida pelos jornalistas com experiência em sustentabilidade e meio ambiente, Rosana Jatobá, da Rádio Globo, e Rui Gonçalves, da Globo News.

A primeira categoria a ser premiada foi Pesquisa e Inovação, cujo projeto vencedor em primeiro lugar foi o de “Quantificação dos Serviços Ambientais das matas ciliares”, do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo

 

 

Em seguida deu-se início às premiações dos temários da categoria Sociedade Civil, iniciando por Ações de Conscientização e Sensibilização Ambiental. O projeto ganhador na primeira colocação foi “Águas do Piracicaba”, da Associação Mata Ciliar. No temário Iniciativas e Parcerias Voltadas à Reciclagem e Gerenciamento de Resíduos, o vencedor foi o Instituto Elektro, com o projeto “Coleta de óleo vegetal”. Por fim, no terceiro temário dessa categoria, Experiências voltadas à Recuperação de Matas Ciliares em Áreas Degradas, o primeiro lugar ficou com a ONG, Elo Ambiental, com a iniciativa “Esforços para proteção e recuperação da bacia hidrográfica do córrego Bom Jardim”.
 

Na categoria Iniciativa Privada, o temário Gerenciamento de Resíduos Sólidos premiou na primeira colocação o projeto “Desenvolvimento de aplicações sustentáveis para os resíduos de siderurgia”, da ArcelorMittal. O Shopping Iguatemi Campinas e a AmBev dividiram a primeira colocação no temário de Reuso da Água, com os projetos “Reuso de água no Shopping Iguatemi Campinas” e “Sistemas de reaproveitamento, recuperação e tecnologias para a redução do consumo de água”, respectivamente. No temário Ações de Responsabilidade Socioambiental e Comunicação Institucional Integrada, o primeiro colocado ficou com a ArcelorMittal, com o projeto “Transformando o amanhã com sustentabilidade”.


Por fim, a última categoria a ser premiada na noite foi Iniciativa Pública. No temário Combate às Perdas e Racionalização, Foz do Brasil e Sanasa/Campinas, dividiram a primeira colocação com os projetos: “Racionalização e reúso interno de água na ETE Água da Serra – Limeira” e “Estação de Produção de Água de Reuso Capivari II”, respectivamente. O projeto “Complexo Estufa: Cisterna”, da prefeitura de Hortolândia, levou o prêmio em primeiro lugar no temário Educação Ambiental e Comunicação Social. Encerrando as premiações do 6º Prêmio Ação pela Água, a prefeitura de Corumbataí, ficou em primeiro lugar no temário Gerenciamento de Resíduos Sólidos. Confira ao final da matéria as colocações de todos os 38 finalistas.


6ª Edição do Prêmio bateu recorde de envio de projetos


O Prêmio Ação pela Água iniciou suas atividades em 2000, com o principal objetivo de reconhecer as melhores práticas de gerenciamento de recursos hídricos nas Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí. “Racionalização pelo Uso da Água”, “Excelência em Educação”, “Responsabilidade Social”, “Qualidade de Água”, “ Gestão de Recursos Hídricos – Controle Quantitativo e Qualitativo”, foram os temas das edições de 2000 à 2008, respectivamente.

Na edição de 2012, o Prêmio bateu recorde no envio de projetos, com o recebimento de 77 iniciativas, destas, 38 foram escolhidas para serem finalistas. Na última edição, em 2008, por exemplo, foram enviados 33 projetos, o que configura o Prêmio Ação Pela Água, como uma das grandes premiações da área de recursos hídricos, considerado o Oscar da Água.

O 6º Prêmio Ação pela Água, conta com o patrocínio master da Caixa Econômica Federal, patrocínios do Buffet Claudia Porteiro e Invista, e os apoios da Agência Nacional de Águas, da Prefeitura Municipal de Americana, Confederação das Industrias do Estado de São Paulo (CIESP), Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos de São Paulo, Departamento de Água e Energia Elétrica do Estado de São Paulo (DAEE).

 

As colocações dos finalistas em cada uma das categorias:
 

Sociedade Civil

Gerenciamento de Resíduos:
1º lugar: Instituto Elektro – Coleta de Óleo Vegetal
2º lugar: ONG Pró Jóa – Programa Lixo Mínimo
3º lugar: Prefeitura de Rio Claro (SP) – Coloque o Lixo no Lugar Certo e na Hora Certa

Recuperação de Áreas Degradas:
1º lugar: Elo Ambiental - Esforços para proteção e recuperação da bacia hidrográfica do córrego Bom Jardim
2º lugar: Associação Barco Escola Natureza – Adote uma Árvore
3º lugar: Instituto de Proteção Socioambiental da Bacia Hidrográfica do Rio Corumbataí – Implantação de Mata Ciliar no Ribeirão Claro

Educação Ambiental:
1º lugar: Associação Mata Ciliar – Projeto Águas do Piracicaba
2º lugar: Associação Barco Escola da Natureza – Programa Barco Escola e Elo Ambiental – Vídeo "Elos da Água"
3º lugar: Jaguatibaia Associação de Proteção Ambiental – Da semente à muda, da muda à árvore
Iniciativa Privada

Educação Ambiental:
1º lugar: ArcelorMittal – Transformando o amanhã com sustentabilidade
2º lugar: Caterpillar – Código H2O e Tivoli Shopping – Projeto de Educação Ambiental "Meio Ambiente e Segurança - Uma visão holística na prática"
3º lugar: Petrobras/REPLAN – A integração regional no processo de ampliação da outorga da REPLAN/Petrobras e Usina Furlan – Na trilha do verde, caminhando para o saber

Resíduos:
1º lugar: ArcelorMittal - Desenvolvimento de aplicações sustentáveis para os resíduos de siderurgia
2º lugar: Kidde Brasil – Programa de redução de resíduos na estação de tratamento de efluentes industriais na Kidde Brasil - unidade de Extrema / MG
3º Lugar: Caterpillar – Ações para um mundo sustentável e Rhodia – DEPLAT - Destinação das purgas de lodo do tratamento de água

Reuso:
1º lugar: Shopping Iguatemi Campinas – Reuso de água no Shopping Iguatemi Campinas e Ambev – Sistemas de reaproveitamento, recuperação e tecnologias para a redução do consumo de água
2º lugar: Caterpillar – Água: redução, otimização e reuso
3º Lugar: Nivea – Reuso do Rejeito da Osmose Reversa e Honda – Redução do consumo de água através do reuso

Iniciativa Pública

Gerenciamento de Resíduos Sólidos:
1º lugar: Prefietura de Corumbataí (SP) - Programa Coleta Seletiva de Lixo
2º lugar: Foz do Brasil - TARESC: Termo de aceitação de recebimento de efuentes não-domésticos no sistema de coleta de esgoto do município de Limeira
3º lugar: SAAE Salto – Coleta Seletiva no município de Salto

Combate às Perdas e Racionalização:
1º lugar: Foz do Brasil – Racionalização e reuso interno de água na ETE Água da Serra – Limeira e Sanasa Campinas – Estação de Produção de Água de Reuso Capivari II
2º lugar: SAAE Indaiatuba – Programa de Combate às Perdas
3º lugar: DAE Jundiaí – Aquisição de equipamentos e realização de obras para implantação da setorização de redes de distribuição de água, zonas de pressão, distritos pitométricos, aquisição de macromedidores no município de Jundiaí

Educação Ambiental:
1º lugar: Prefeitura de Hortolândia (SP) – Complexo Estufa: Cisterna
2º lugar: Prefeitura de Extrema (MG) – Observando o Rio Jaguari
3º Lugar: SAAE Indaiatuba – Programa Vida : Valorização Indaiatubana da Água e Sabesp – Projeto Gaia de Educação Ambiental - Atitude que transforma o meio

Inovação:
1º lugar: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas . IAG – USP – Quantificação dos Serviços Ambientais das matas ciliares
2º lugar: ESALQ – Comunicação aplicada à educação ambiental: Documentário nas águas do Piracicaba e blog socioambiental
3º lugar: Instituto Brasileiro de Educação para a Vida – Educação Ambiental de corpo e alma

 

Para mais informações: www.agua.org.br

Please reload

Design & Marketing

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos