O ano de 2014 foi o mais quente na história moderna

29/01/2015

 

O ano de 2014 foi o mais quente do planeta desde o início dos registros em 1880, anunciou nesta sexta-feira (16) a Agência Oceânica e Atmosférica (NOAA, da sigla em inglês), dos Estados Unidos.

 

Dezembro também marcou uma temperatura média na superfície da Terra e dos oceanos sem precedentes nos últimos 134 anos para este período do ano, acrescentou a NOAA.

 

Para o ano, a temperatura média se situa entre 0,69 °C acima do média do século 20, superando as marcas prévias de 2005 e 2010, de 0,04 °C.

 

O relatório da agência disse que o recorde de aquecimento se propagou pelo mundo.

 

A agência disse ainda que as medições realizadas pela Nasa de forma independente chegam às mesmas conclusões.

 

A confirmação de que 2014 foi o mais quente desde 1891 também foi feita pela JMA (Agência Meteorológica Japonesa) e pelo Met Office (Agência Meteorológica do Reino Unido). A entidade japonesa ainda destacou que os 10 anos mais quentes da história foram registrados de 1998 em diante.

 

Seca em São Paulo – No início de dezembro, a OMM (Organização Meteorológica Mundial), uma das agências da ONU, havia antecipado que 2014 seria o ano mais quente já registrado no mundo. Na ocasião, a agência citou a seca em São Paulo como exemplo dos problemas que as grandes cidades poderiam começar a sofrer diante das mudanças climáticas.

 

A OMM afirmou que o Brasil foi um dos países que mais sofreu com a onda de calor. No Sul do País, as temperaturas bateram recordes para o mês de outubro. Argentina, Paraguai e Bolívia também tiveram marcas inéditas, assim como a África do Sul e a Austrália.

 

A seca também foi registrada na China, na Austrália e no Canadá e, em Estados americanos, como Califórnia, Nevada e Texas, a quantidade de chuva foi inferior a 40% da média registrada entre 1961 e 1990.
 

Fonte: http://www.cbhsapucai.org.br/cbh/Pagina.do?idSecao=69&idNoticia=1710

Please reload

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos