Oficina da ANA reúne representantes de órgãos gestores de recursos hídricos de todo o País

12/03/2016

 

Aconteceu na primeira semana de março em Brasília, a 1ª Oficina de Alinhamento Conceitual do Projeto DesenvolveRH, cujo foco é o desenvolvimento de pessoas para gestão das águas baseado em competências. Promovido pela Agência Nacional de Águas (ANA) em parceria com a Fundação Dom Cabral, o projeto visa à construção conjunta de um programa nacional de capacitação para o Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SINGREH) por meio do aperfeiçoamento profissional de servidores da ANA e de profissionais do Sistema. Farão parte da ação da ANA integrantes do Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH), de todos os órgãos gestores e dos conselhos estaduais de recursos hídricos, além das equipes atuantes nos nove comitês de bacias hidrográficas interestaduais e nas cinco agências de bacia em funcionamento no Brasil.


Dividido em quatro etapas, o DesenvolveRH receberá, em 2016, investimentos da ordem de R$ 900 mil para a realização de oficinas de capacitação e de trabalho com foco na definição das competências da ANA e do SINGREH e para a elaboração do Programa de Capacitação por Competências. Na prática, o projeto identificará, por exemplo, quais cursos e demais eventos de capacitação uma área que atua na concessão de Outorga de Direito de Uso de Recursos necessita ter para desempenhar de forma eficiente seu papel perante a sociedade.


Esta primeira etapa teve como objetivos abrir espaço para o debate e alinhamento do conceito de competência, esclarecer dúvidas em relação ao projeto e buscar assegurar adesão e comprometimento de todos os envolvidos. Nos dois primeiros dias da semana a Oficina foi para o grupo focal da ANA, composto por representantes de todas as superintendências da Agência. Nos dias 3 e 4 de março, os trabalhos voltaram-se aos cerca de 50 representantes dos órgãos gestores de recursos hídricos das 27 Unidades da Federação, que compõe o grupo focal do SINGREH.


O DesenvolveRH surgiu para apoiar o Programa de Consolidação do Pacto Nacional pela Gestão das Águas (Progestão), especificamente com relação a uma das metas indicada em todos os contratos celebrados entre a ANA e as 27 Unidades da Federação: a de elaborar um programa de capacitação em âmbito estadual para temas afetos à gestão de recursos hídricos. Os resultados obtidos também servirão para a ANA estruturar a Estratégia Plurianual de Capacitação dos entes do SINGREH e a Política de Capacitação dos Servidores em um modelo de gestão por competência, conforme preconiza o Decreto nº 5.707/2006.


Gestão por competência

 

Alguns estados como Ceará e Minas Gerais já estavam envolvidos com o processo de gestão por competências e começaram recentemente ações para mapear as competências institucionais e profissionais com base neste modelo. Para eles, o DesenvolveRH reforça essas iniciativas e representa uma grande oportunidade para trocas com os outros estados.

 

Capacitação na ANA

 

Até o final de 2015, mais de 80 mil pessoas foram capacitadas pela ANA em cursos de diversas áreas do conhecimento em recursos hídricos, nas modalidades presencial, semipresencial ou a distância (EaD).

 

As ações de capacitação da Agência são focadas em cinco públicos-alvo: gestores de recursos hídricos, membros e lideranças de organismos de bacia, usuários de água, formadores de opinião e jovens.

 

Em 2015 foram iniciadas estratégias que terão impactos nos próximos anos, como o apoio à criação e ao fortalecimento de cursos em pós-graduação, como mestrados profissionais e especialização e o estabelecimento de parcerias com instituições de ensino superior para produção e divulgação de materiais didáticos com o tema água. 

 

Para atingir o público jovem, o Projeto Água – Conhecimento para Gestão, parceria da ANA com a Fundação Parque Tecnológico Itaipu e com a Itaipu Binacional, lançou o Água em Jogo, jogo que simula a gestão de uma bacia hidrográfica. Durante 30 minutos, o jogador tem que adotar medidas para garantir a qualidade e a quantidade de água suficientes para atender aos usos da bacia apresentada, como: indústrias, agricultura e abastecimento. O jogo pode ser acessado através do site www.aguaemjogo.com.br.

 

A ANA também lançou uma série de animações que apresentam de forma simples e didática temas do setor de recursos hídricos, como o ciclo hidrológico, bacia hidrográfica, outorga, funções dos comitês de bacias, cobrança pelo uso da água, entre outros. O material atende aos mais diversos públicos, como: estudantes, professores, membros de comitês de bacias e qualquer pessoa interessada em aprender os caminhos que as águas percorrem antes de chegar às torneiras, irrigar as plantações, serem usadas pela indústria ou qualquer setor da economia.

 

Para mais informações: www.ana.gov.br

Please reload

Design & Marketing

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos