ANA e DAEE definem vazões de retirada do Sistema Cantareira de setembro a novembro

20/09/2016

Reservatório Jacareí (SP)

 

 

Foto: Daniel Cardim / Banco de Imagens ANA

 

 

A Agência Nacional de Águas (ANA) e o Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo (DAEE), órgãos gestores do Sistema Cantareira, definiram as vazões máximas a serem retiradas do Cantareira nos meses de setembro, outubro e novembro de 2016. A decisão permite a retirada de uma vazão máxima média mensal de 25 m³/s para a Estação Elevatória Santa Inês, que abastece a Região Metropolitana de São Paulo, e de 3,5 m³/s para a Bacia dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí (Bacia PCJ), que abastece cidades do interior paulista, como Campinas.

 

Clique nos links abaixo e conheça os documentos que embasaram a decisão dos órgãos gestores:

 

Comunicado Conjunto ANA/DAEE nº 259/2016

Nota Técnica ANA

Ofício DAEE

Nota Técnica DAEE

Ofício SABESP - Unidade de Negócio de Produção de Água da Metropolitana

Nota Técnica - Solicitação da Vazões do Cantareira - setembro até novembro16

InfoClima 2016 - MCTIC/INPE/CPTEC

Memória de cálculo

Ofício CBH PCJ

 

Texto:Carol Braz, Ascom/ANA

 

Para mais informações: http://www2.ana.gov.br/Paginas/imprensa/noticia.aspx?id_noticia=13053

Please reload

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos