Representantes de 12 países discutem monitoramento de qualidade de água na América Latina e Caribe

06/02/2017

Participantes debatem monitoramento de qualidade de água no workshop

 

 

Foto: Raylton Alves / Banco de Imagens ANA

 

 

Entre 24 e 26 de janeiro Brasília sediou o Workshop Regional do Programa GEMS/Water, realizado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) com apoio da Agência Nacional de Águas (ANA). Durante o encontro, representantes de 12 países das Américas e do Caribe discutiram os desafios e as perspectivas de cooperação entre as nações para implementação e gestão de redes de monitoramento de qualidade de água.

 

Participaram representantes do Centro de Capacitação do Programa GEMS/Water (Irlanda) e do Centro de Dados GEMStat (Alemanha), além de especialistas do Brasil, Argentina, Belize, Bolívia, Costa Rica, Equador, Guatemala, Jamaica, México, Panamá, Peru e Uruguai.

 

Durante o Workshop Regional, os participantes discutiram a demanda de monitoramento do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 6.3, que é: “Até 2030, melhorar a qualidade da água, reduzindo a poluição, eliminando despejo e minimizando a liberação de produtos químicos e materiais perigosos, reduzindo à metade a proporção de águas residuais não tratadas e aumentando substancialmente a reciclagem e reutilização segura globalmente.”

 

No primeiro dia do evento, os pontos focais nacionais do Programa GEMS/Water ou representantes de cada país contextualizaram a situação do monitoramento da qualidade da água em cada nação participante do Workshop Regional.

 

No segundo dia do Workshop Regional representantes do PNUMA e da ANA apresentaram abordagens sobre o monitoramento de qualidade de água, a importância de uma rede de monitoramento para a gestão da qualidade da água e o papel da produção de informações com qualidade para a gestão de recursos hídricos. Também foram discutidos o manejo, a interpretação e a apresentação de dados; o ODS 6.3; e os desafios e oportunidades para o monitoramento de qualidade da água na América Latina e no Caribe.

 

No fechamento do evento o foco foi o desenvolvimento de ações de capacitação para o monitoramento da qualidade de água na América Latina e no Caribe para permitir o acompanhamento do ODS 6.3.

 

O Programa GEMS/Water

 

O Programa GEMS/Water foi estabelecido em 1978 para coletar dados globais para os informes da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre a condição atual e a tendência da qualidade da água doce no planeta. Com a cooperação dos países participantes, o programa criou uma rede global de monitoramento de qualidade de água que gera dados para uma base internacional chamada GEMStat.

 

O GEMS/Water também apoia os países em desenvolvimento que querem estabelecer programas de monitoramento e realizar diagnósticos de qualidade de água através da capacitação, apoio técnico e ferramentas de diagnóstico. O PNUMA tem identificado o Programa GEMS/Water como o mecanismo de apoio técnico aos países para o monitoramento de qualidade de água na Agenda 2030.

 

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)

 

A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável é um plano de ação que reconhece que a erradicação da pobreza é o maior desafio global ao desenvolvimento sustentável. Esta agenda é composta de 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), desenvolvidos levando em consideração os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), mas com foco nos novos desafios da humanidade.

 

Os ODS foram aprovados na Cúpula das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável entre 25 e 27 de setembro de 2015. Na temática da água, há um Objetivo de Desenvolvimento Sustentável específico: “Garantir disponibilidade e manejo sustentável da água”.

 

Texto: Raylton Alves - ASCOM/ANA

 

Para mais informações: www.ana.gov.br

Please reload

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos