Ministério estuda implantar tecnologia para reuso de água em projetos de irrigação

02/05/2019

 

Objetivo é tornar as iniciativas mais sustentáveis e econômicas. Novidade deverá ser implementada a por meio de parceria com o Instituto Nacional do Semiárido

 

Brasília-DF, 29/4/19 - A Secretaria Nacional de Desenvolvimento Regional e Urbano (SDRU) vem estudando a viabilidade de implantar tecnologias de reuso de água em projetos-piloto de irrigação na região do semiárido. O objetivo é tornar essas iniciativas mais sustentáveis e econômicas. A novidade deverá ser implementada por meio de parceria entre o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e o Instituto Nacional do Semiárido (INSA).

 

Na última semana, o coordenador de Projetos e Polos de Agricultura Irrigada, Antônio Leite, visitou o município de Frei Martinho, no Seridó paraibano, para conhecer o Projeto Segurança Forrageira e a produção madeireira em bases agroecológicas no semiárido brasileiro. Na oportunidade, conferiu a eficácia e a viabilidade da utilização da tecnologia na irrigação.

 

A água empregada no local é proveniente de esgoto urbano, passa por tratamento e é utilizada na irrigação para plantio de vegetais forrageiros e de madeira. “Queremos expandir essa ideia inovadora para outras cidades, criando áreas de segurança de produção a partir do uso eficiente de água, especialmente em regiões onde ela é escassa”, ressalta o coordenador.

 

Segundo Antonio Leite, estão sendo realizados testes com espécies de palma e leguminosas para alimentação do rebanho e para produção de madeira. “Com isso as mudas e sementes serão multiplicadas e poderão ser doadas a outros agricultores. O cultivo dessas plantas pode, ainda, servir como estratégia de salvamento do rebanho em períodos de secas severas nos municípios nordestinos”, explica. O acordo de cooperação com o INSA está em fase de elaboração pelo MDR.

 

 

Fonte: Ministério do Desenvolvimento Regional 

Please reload

Design & Marketing

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos