São Luís sedia Conferência Internacional de Prevenção e Combate ao Lixo do Mar.

05/07/2019

 

Está acontecendo em São Luís, a “Conferência Internacional de Prevenção e Combate ao Lixo do Mar: do diagnóstico ao passo a passo para ações efetivas”. O evento é uma realização da Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (ABRELPE) e da Agência de Proteção Ambiental da Suécia (SEPA). As atividades ocorrem no Auditório da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão – FIEMA.

 

O secretario Rafael Ribeiro participou da abertura da Conferência e destacou a importância desses debates para o fortalecimento das políticas públicas. “Através do gerenciamento de resíduos sólidos, além de chegar ao objetivo do governo de zerar os lixões, evitaremos que o lixo chegue aos nossos mares.” afirmou o secretário.

 

Para André França, secretário nacional de qualidade ambiental do Ministério do Meio Ambiente, as discussões são importantes para o avanço da Agenda Nacional de Qualidade Ambiental Urbana “O combate ao lixo no mar é um dos eixos da agenda, e sabemos que 80% do lixo encontrado no mar vêm dos continentes, a conscientização das pessoas é muito importante, por exemplo, a bituca dos cigarros na praia é um dos itens mais encontrados em quantidade nas praias. Quando o cidadão se conscientiza e adota uma postura sustentável ele contribui para que haja uma redução dos impactos causados ao mesmo tempo que se avança na gestão adequada dos resíduos.” pontuou.

 

O diretor-presidente da ABRELPE, Carlos Silva Filho, falou sobre a gestão de resíduos no Brasil “Após 15 anos de publicação do panorama dos resíduos sólidos no Brasil percebemos que ainda temos um longo caminho a perseguir para uma gestão adequada de resíduos em toda nossa área territorial”. E continua “Não basta somente a retirada do lixo que já se encontra no mar, é necessário evitar que ele (o lixo) chegue ao mar: “as ações de limpeza já estão bastante disseminada, essa é uma ação demorada e permanente de enxugar gelo, por isso nos pretendemos ajudar as prefeituras a evitar que os resíduos acabem no mar, e nós entendemos que isso só é possível se melhorar a gestão de resíduos na cidade”.

 

A parceria da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Naturais com o município de São Luís foi mencionada pela presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana Carolina Estrela. “O secretário tem sido muito sensível À cidade de São Luís. Estamos trabalhando em conjunto através da Superintendência de Resíduos Sólidos e Superintendência de Educação Ambiental, sabemos que a SEMA está com o olhar voltado para a capital do Estado e através dessa interação conseguimos multiplicar nossas ações.”.

 

Please reload

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos