Florestas, as geradoras de água limpa e ar puro

19/07/2019

Dia de Proteção às Florestas é celebrado em 17 de julho. ONU Meio Ambiente destaca benefícios de mais árvores nas cidades

 

Locais em áreas urbanas repletos de árvores são lugares cada vez mais procurados como referência para momentos de recreação e relaxamento devido aos benefícios para o bem-estar. O papel das árvores nas cidades colabora para redução da poluição do ar, restauração de solos degradados e prevenção de inundações e secas. A agência da Organização das Nações Unidas (ONU) destaca que as florestas serão mais importantes do que nunca quando a população mundial aumentar para 8,5 bilhões até 2030. A relevância deste tema é lembrada pelo Comitê da Bacia do Rio Urussanga no Dia de Proteção às Florestas, celebrado em 17 de julho.

 

Além de abrigar mais de 80% das espécies terrestres de animais, plantas e insetos do planeta, as florestas são responsáveis por combater as mudanças climáticas e atenuar os impactos de tempestades. Quando plantadas de modo adequado no entorno de edifícios, as árvores podem reduzir o uso de ar condicionado em 30% e, em regiões com clima mais frio, proteger residências do vento.

 

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) afirma que as formações vegetais também atuam como filtros naturais que ajudam a purificar as fontes de água. De acordo com a ONU, ao manter os rios, as florestas proporcionam água potável para quase metade das maiores cidades do mundo. “Elas nos ensinam sobre as variadas formas pelas quais todos os organismos no planeta estão interconectados e, de muitas maneiras, dependem uns dos outros para sobreviver”, disse a secretária-executiva da Convenção da ONU sobre Diversidade Biológica, Cristiana Pasca Palmer.

 

Destruir florestas significa perder novas fontes de água e resulta também na diminuição da população de peixes, pois o fluxo de água torna-se imprevisível. Neste contexto, a restauração de florestas ajuda a garantir água mais limpa e ar mais puro. Ao criar ecossistemas produtivos, comunidades locais e rurais trabalham com a elaboração de produtos derivados de terras arborizadas, como mel, cogumelos, líquen, pequenos frutos, plantas medicinais e aromáticas. Por isso, o uso sustentável de recursos florestais garante o equilíbrio do planeta com segurança econômica e alimentar.

 

“As florestas ajudam a manter o ar, o solo, a água e as pessoas saudáveis. E elas desempenham um papel vital no combate a alguns dos maiores desafios que enfrentamos, tais como a luta contra as mudanças climáticas e a erradicação da fome”, afirmou em mensagem o chefe da FAO, o brasileiro José Graziano da Silva.

 

 

SUSTENTABILIDADE AMEAÇADA

 

 

Segundo informações da ONU, mais de 10 milhões de hectares de florestas são destruídos todo ano. Já o desmatamento é responsável por 12% a 20% das emissões globais de gases de efeito estufa que colaboram para as mudanças climáticas. A integridade e sustentabilidade das formações vegetais estão ameaçadas pelos efeitos cumulativos do desmatamento, degradação da terra e competição por usos alternativos do solo. O alerta é feito pela FAO com base em dados do Panorama Ambiental Global divulgado pela ONU Meio ambiente.

 

De 1990 a 2015, a proporção da superfície do planeta coberta com florestas reduziu de 31,6% para 30,6%. O relatório aponta que, conforme o desmatamento avança na Floresta Amazônica, o volume de chuvas está diminuindo. O fator é um sinal da interação entre as florestas, o clima e as necessidades humanas. De acordo com a ONU, estimativas recentes indicam que, caso o desflorestamento destrua de 20 a 25% da cobertura vegetal original da bacia amazônica, serão gerados prejuízos irreversíveis para o ciclo hidrológico.

 

Nas últimas cinco décadas, 17% da extensão original da Amazônia foi devastado, com base em dados da WWF citados no panorama da ONU. A Amazônia abriga 40% da floresta tropical remanescente do mundo, 25% da biodiversidade terrestre e mais espécies de peixes do que qualquer outro sistema fluvial do planeta.

 

 

Comunicação Comitê Rio Urussanga

Please reload

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos