Biguaçu/SC vai receber reservatório de 2,5 milhões de litros e novas redes de água e esgoto

13/03/2020

 

O Governo do Estado e a CASAN anunciaram na manhã do sábado, dia 7, investimentos para revitalização de ruas e obras nos sistemas de água e esgoto de Biguaçu que somados chegam a mais de R$ 7,6 milhões.

 

A revitalização da Rua Treze de Maio, obra aguardada há mais de uma década que começa na próxima semana, recebeu R$ 1.099.000,00 para ampliação da rede de água e realocação sob o passeio, beneficiando moradores dos bairros Três Riachos, Prado e Saudade.

 

Por meio de convênio, a Companhia também está repassando R$ 3.812.186,30 para a repavimentação e sinalização das ruas Sete de Setembro e Justino Adalberto Leal, além de um total de 1.811 metros de rede de esgoto e o remanejamento de rede de água para a calçada.

 

No mesmo ato, a CASAN anunciou o repasse de 5% da arrecadação das tarifas de água e esgoto do município para o Fundo Municipal de Saneamento, um aporte que deverá girar em torno de R$ 1 milhão ao ano.

 

Construção de reservatório

 

De surpresa, na sua fala a Diretora-Presidente da CASAN, Roberta Mass dos Anjos, autorizou oficialmente a licitação para construir mais um reservatório na cidade, com capacidade de 2,5 milhões de litros, e revelou também que a Companhia já encontrou outro terreno para instalar a Estação de Tratamento de Esgoto, já que a área anteriormente reservada está sob impasse judicial.

 

“Esse grande conjunto de investimentos que vão beneficiar diretamente o cidadão é reflexo da gestão técnica implantada pelo Governo do Estado”, declarou o Chefe da Casa Civil, Douglas Borba. “Estamos há 15 meses revisando estruturas para investir no bem-estar dos moradores das nossas cidades”.

 

A engenheira Roberta disse que a Companhia segue a mesma linha. “Seguindo orientação do Governo do Estado, promovemos uma grande reestruturação, revisamos contratos, reduzimos diretorias, FGs e cargos comissionados a fim de investir no que realmente interessa, o saneamento”, disse.

 

Para o prefeito de Biguaçu, essa parceria com o Governo do Estado representa um passo a mais no desenvolvimento do município. “Hoje é um dia de união de forças para o bem de Biguaçu”, declarou Ramon Wollinger.

 

A solenidade realizada junto ao salão da Igreja São Pedro, contou com a presença de moradores locais, que serão beneficiados com as obras, com 11 dos 15 vereadores da cidade e secretários municipais.

 

Além da Diretora-Presidente, a CASAN esteve representada pelos diretores Evandro Martins, Fábio Krieger e Ivan Gabriel Coutinho, Procurador-Geral Allysson Mazzarin, assessores Marcell Karam e Rodrigo Maestri, Superintendente Regional Metropolitano Joel Horstmann e o gerente Operacional da SRM Pery Fornari Filho e mais os chefes das Agências Biguaçu, Marcelo Nascimento, e Florianópolis, Francisco Pimentel.

Resumo dos investimentos anunciados

 

RUA TREZE DE MAIO – R$ 1.099.000,00

 

AMPLIAÇÃO DA REDE DE ÁGUA E REDIMENSIONAMENTO SOB O PASSEIO


Extensão total: 6.680 metros (dos dois lados da via)
Diâmetros: 110mm e 200mm
Bairros beneficiados: Três Riachos, Prado e Saudade
Vencedora da Licitação: Telesan Construções e Engenharia

 

RUAS SETE DE SETEMBRO e JUSTINO ADALBERTO LEAL: R$ 3.812.186,30 (orçado)

 

Pavimentação Asfáltica e Sinalização – R$ 1.312.595,22


– Rua Sete de Setembro, extensão 1.500 metros
– Rua Justino Adalberto Leal, extensão 311 metros

– Esgoto e Água (Saneamento): 2.499.591,08
– Rede de esgoto: 1.500 metros na Sete de Setembro e 311 metros na Justino Leal
Total de 127 ligações domiciliares
– Remanejamento da Rede de Abastecimento de Água

 

ANÚNCIO DE REPASSE DE RECURSOS PARA O FUNDO MUNICIPAL DE SANEAMENTO


Repasse de 5% do arrecadado no município. Arrecadação média da Companhia em Biguaçu, R$ 20 milhões/ano.

 

AUTORIZAÇÃO DE LICITAÇÃO DO RESERVATÓRIO JANAÍNA


Diretoria autoriza lançamento de Edital de contratação para obra do Reservatório no bairro Janaína, com capacidade de 2.500 m³ (2,5 milhões de litros) para beneficiar todo o município. Projeto e Orçamento da obra estão concluídos.


investimento: valor não divulgável em respeito à Lei 13.303 que impõe sigilo à concorrência pública.

 

ATUALIZAÇÃO DO STATUS DA CONSTRUÇÃO DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ESGOTO


Diretora-Presidente da CASAN anunciou que a Companhia já encontrou outro terreno para instalar a unidade de tratamento e iniciou tratativas para aquisição da área.

 

SISTEMA DE ESGOTAMENTO SANITÁRIO (SES) BIGUAÇU

 

Investimento total: R$ 46.589.852,84
Ligações domiciliares: 4.322
Rede: 40,7 kms
Emissários: 6.428 metros

 

Fonte: Casan.

 

Please reload

Design & Marketing

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos