Nova Estrutura Tarifária estimula consumo mais consciente de água

24/04/2020

 

 

Com critérios e valores definidos pelas Agências Reguladoras, está em vigor desde 1º de março uma Nova Estrutura Tarifária para a cobrança de água e esgoto.

 

Entre as principais mudanças da nova estrutura está a extinção da taxa de volume mínimo de 10 metros cúbicos, que era de R$ 45,19. No lugar desse valor entrou a Tarifa Fixa de Disponibilidade de Infraestrutura (TFDI), no valor de R$ 29,49. 

 

Todos pagam esse valor, que representa o custo que a Companhia tem com toda a infraestrutura e insumos relacionados à captação, tratamento e distribuição da água, assim como aos serviços de coleta e tratamento de esgoto.

 

A essa tarifa são associados cálculos específicos por metro cúbico, que levam em conta o consumo real de cada imóvel.

 

Entre 1 e 10 metros cúbicos, o valor é de R$ 1,96 por metro cúbico (a cada mil litros). E entre 11 e 25 metros cúbicos o valor passa para R$ 9,11 (veja tabela). 

 

“A nova estrutura veio para incentivar um uso mais consciente da água”, ressalta o Gerente Comercial da CASAN, Paulo Peressoni.

 

Todos os clientes que consomem até 8m3 estão tendo redução de tarifa, num percentual aproximado de 50% dos consumidores.

 

Usuários com consumo entre 9m³ e 10m³, que não eram incentivados a economizar porque pagavam a tarifa mínima, agora têm esse estímulo. O usuário que reduzir um metro cúbico de seu consumo pagará um valor menor comparado à estrutura anterior.

 

Quem consumir acima de 10 metros cúbicos pagará mais caro, com acréscimos que podem chegar a até 10% ao máximo.

 

O pagamento dos custos de operação de esgoto permanece igual ao da Estrutura anterior, sendo faturado 100% do valor consumido em água.

 

 

Saiba Mais:

 

Princípios da Nova Estrutura Tarifária

 

- Estimulo ao uso mais consciente de água 

- Valores mais adequados ao consumo de cada família ou imóvel 

- Atendimento a uma demanda histórica da sociedade 

- Alinhamento a uma tendência nacional de extinguir um consumo mínimo 

- Mantém o atual preço médio da água 

 

Resultados projetados: 

 

- Para imóveis com consumo  até 8 metros cúbicos, 100% dos usuários terão redução na fatura 

- Estimulo a economia de água: em torno de 66% dos usuários têm consumo até 10m³ e não tinham incentivo financeiro para baixar o consumo - agora passam a ter

- Beneficio a proprietários de imóveis fechados (como casas e apartamentos de veraneio) que pagariam R$ 45,19 e passarão a pagar R$ 29,49 como Tarifa Fixa de Disponibilidade de Infraestrutura

- A nova Tabela também atende a pleito de proprietários de salas e espaços comerciais que, em geral, têm baixo consumo

 


Clicando AQUI, ou na imagem, e acesse também nosso fôlder sobre a Nova Estrutura Tarifária

 

 


Fonte: Casan

Please reload

Design & Marketing

Criatividade Coletiva - Inteligência de Marketing para Eventos