top of page
Sumário da água

Blog da REBOB

É a hora de falarmos sobre poluição plástica e seus impactos ao meio ambiente e à gestão da água



Dia Mundial do Meio Ambiente 2023 terá como tema “Soluções para a Poluição Plástica”


No próximo dia 05 de junho é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente e neste ano a Organização das Nações Unidas (ONU) propõe como tema dos debates o combate à poluição plástica. Segundo a organização, cerca de 400 milhões de toneladas de plástico são produzidas por ano, no planeta todo, mas apenas 19 a 23 toneladas são recicladas, o que representa menos de 10% do total. Esses resíduos não tratados contaminam o meio ambiente e as águas de nossos rios e até mares, já que todo esse contingente de plástico vai parar nos oceanos, contaminando água e animais.


A ONU ainda chama a atenção para os microplásticos, pequenas partículas, menores que 5 mm de diâmetro, que estão contaminando, águas, ar, animais e alimentos. Estima-se que cada pessoa no globo consuma mais de 50 mil partículas plásticas por ano. Acredita-se que esse número possa ser maior se considerado a inalação dessas partículas. Os plásticos de uso único (quando são utilizados no processo de fabricação apenas uma única vez), e descartado ou queimado prejudica a saúde humana e a biodiversidade, pois, polui todos os ecossistemas, desde o topo das montanhas até o fundo dos oceanos.


Segundo o coordenador de projetos do Consórcio PCJ, José Cezar Saad, a legislação no Brasil avançou muito nos últimos anos, mas ainda há muito caminho a ser percorrido para melhorar a gestão de resíduos no país. “A Política Nacional de Resíduos Sólidos foi um marco importante para gerir a questão no Brasil, por meio da logística reversa e os acordos setoriais para reciclagem de embalagens e resíduos produzidos pela indústria. Mas, ainda temos que evoluir mais, sobretudo, na conscientização sobre a separação dos resíduos e implantação de sistemas de coleta mais efetivos”, atenta.


Este ano, o Dia Mundial do Meio Ambiente ocorrerá na Costa do Marfim, e celebrará também o 50º Aniversário do estabelecimento dessa data para comemorar e debater questões ambientais. A Assembleia Geral da ONU, ocorrida em 1972, designou o dia 05 de junho de cada ano para discutir e festejar o tema. Passadas cinco décadas o Dia Mundial do Meio Ambiente cresceu e se tornou uma das maiores plataformas globais de divulgação do meio ambiente. Dezenas de milhões de pessoas do mundo todo participam de eventos online, atividades presenciais e de ações em prol do Meio Ambiente.


“O flagelo da poluição plástica é uma ameaça visível que afeta todas as comunidades ao redor do mundo”, disse Jean-Luc Assi, Ministro do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Costa do Marfim. “Como anfitriões do Dia Mundial do Meio Ambiente 2023, damos as boas-vindas a todos os setores, de governos e empresas à sociedade civil, para se unirem para encontrar e defender soluções”, completou.


A Costa do Marfim baniu do país o uso de sacolas plásticas, desde 2014, e promoveu a troca pelo uso de sacolas reutilizáveis, como as ecobags. A maior cidade do país, Abidjan, se transformou no celeiro de startups para o combate à poluição plástica.


A gerente técnica do Consórcio PCJ, Andréa Borges, destaca que a entidade desde os anos 2000 promove o uso de sacolas retornáveis. “Nós distribuímos nossos materiais didáticos aos associados e parceiros em ecobags, justamente para incentivar o uso delas em atividades externas, como nas compras em feiras livres e nos supermercados, mas, infelizmente, ainda falta ampliar a sensibilização do público sobre a importância dessa prática, pois ela não é obrigatória no Brasil”, comenta ela.


O Dia Mundial do Meio Ambiente deste ano é apoiado pelo governo da Holanda, que é um dos países que adota ações ambiciosas ao longo do ciclo de vida do plástico. O país é signatário do New Plastics Economy Global Commitment e membro da Global Partnership on Plastic Pollution and Marine Litter. Também é membro da High Ambition Coalition, que exige um instrumento internacional forte e ambicioso, juridicamente vinculativo, para combater a poluição por plásticos.


“A poluição plástica e seus impactos prejudiciais à saúde, à economia e ao meio ambiente não podem ser ignorados. É necessária uma ação urgente. Ao mesmo tempo, precisamos de soluções verdadeiras, eficazes e robustas”, disse Vivianne Heijnen, Ministra do Meio Ambiente da Holanda. “Como parte de várias políticas voltadas para o plástico, a Holanda e a comunidade europeia em geral estão totalmente empenhadas em reduzir a produção e o consumo de plástico descartável, que pode e deve ser substituído por alternativas duráveis ​​e sustentáveis.”


No site oficial do Dia Mundial do Meio Ambiente é possível cadastrar suas atividades e ações programadas para a data e que dialoguem com o tema desse ano. Acesse: https://www.worldenvironmentday.global/


Fonte: Consórcio PCJ


52 visualizações

Комментарии


bottom of page