top of page
Sumário da água

Blog da REBOB

Desafio Saneamento do Futuro: Rios sem Plásticos tem 40 iniciativas participantes


A Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) realizou o balanço das inscrições para o concurso de inovação Desafio Saneamento do Futuro: Rios sem Plásticos, que contará com 40 iniciativas concorrentes. Essa ação, promovida pela ANA em parceria com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), é voltada ao desenvolvimento de soluções inovadoras que contribuam para diminuir a poluição por resíduos plásticos nos corpos hídricos.


Dentre as 84 inscrições recebidas, 40 foram homologadas: 26 para categoria Social, dez para categoria Gestão Pública e quatro para categoria Indústria. Cada uma delas é voltada para os seguintes objetivos:

  1. Social: diminuição da quantidade de plástico nos corpos hídricos a partir da ação dos cidadãos, catadores, cooperativas ou associações de catadores;

  2. Gestão Pública: diminuição da quantidade de plástico nos corpos hídricos pela ação das prefeituras e do Distrito Federal; consórcios públicos; empresas prestadoras de serviço de coleta, transporte, transbordo, tratamento e destinação de resíduos sólidos domiciliares; ou agências infranacionais reguladoras dos serviços de resíduos sólidos;

  3. Indústria: diminuição da quantidade de plástico nos corpos hídricos pela ação das indústrias, desde a geração dos produtos, utilizando plástico até a reciclagem ou reintrodução do plástico na cadeia produtiva.

Dois editais foram abertos no contexto do Desafio. No primeiro, da ANA, nove soluções, no estágio de protótipo, que atinjam o desafio proposto, serão selecionadas e premiadas. No segundo edital, da ABDI, três projetos serão escolhidos entre os nove vencedores do primeiro concurso, com o objetivo de aumentar sua escala e estimular o lançamento no mercado dessas soluções validadas ao longo das etapas do edital da Agência. As melhores soluções para reduzir o plástico nas águas brasileiras poderão ser premiadas com até R$ 440 mil, considerando a participação nos dois editais.


As propostas serão avaliadas segundo os critérios: potencial de impacto e de escalabilidade, viabilidade econômica da solução, maturidade da solução, nível de inovação, adesão social, hierarquia da solução no ciclo de vida dos produtos. Os(as) semifinalistas também serão avaliados quanto a capacidade de execução, em uma apresentação da solução e por meio do vídeo demonstrativo da proposta. As iniciativas selecionadas serão anunciadas em 23 de novembro.


Com o edital da ANA, os nove proponentes vencedores receberão, cada um, o prêmio correspondente a R$ 110mil. Além de estarem aptos a participar da etapa adicional de premiação, no valor de até R$ 330 mil que será divulgada em edital específico da ABDI, totalizando R$ 440mil para as iniciativas contempladas nos dois editais.

Estagiária Gabi Siqueira sob supervisão de Raylton Alves

Assessoria Especial de Comunicação Social (ASCOM) Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) (61) 2109-5129/5495/5103


Fonte: Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA)

16 visualizações
bottom of page