Sumário da água

Blog da REBOB

Agência das Bacias PCJ e Comitês PCJ avançam com ações de Proteção de Mananciais em Limeira



Plantio de mudas e entrega de diagnósticos ambientais para 114 proprietários e ocorreram no sábado, dia 5 de novembro


Um importante passo no projeto “Conservadores do Ribeirão Tabajara”, foi dado pela Agência das Bacias PCJ e Comitês PCJ no sábado, dia 5 de novembro, quando foram entregues relatórios de diagnóstico ambiental a proprietários rurais que compõem a sub-bacia do Ribeirão Tabajara, em Limeira (SP). O investimento foi de R$ 599 mil nos diagnósticos, conhecidos como Projetos Integrais de Propriedades (PIPs), que apontaram 176 hectares de áreas de nascentes a serem reflorestadas, o equivalente a 176 campos de futebol. O investimento do plantio será de R$ 4,8 milhões via Fundação Florestal e já conta com a adesão de 114 propriedades rurais.


O projeto foi desenvolvido pela Prefeitura de Limeira, em parceria com a Casa da Agricultura, Centro de Assistência Técnica Integral (Cati), Sindicato Rural de Limeira e Centro de Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp). A iniciativa foi submetida a edital da Agência das Bacias PCJ referente à Política de Proteção de Mananciais dos Comitês PCJ, e está ligado ao reflorestamento da região, após as obras de prolongamento da Rodovia dos Bandeirantes.


O evento contou com a participação do prefeito de Limeira, Mario Botion e da vice-prefeita Erika Tank. Os diretores da Agência das Bacias PCJ, Sergio Razera(presidente), e Patrícia Barufaldi (técnica), e a secretária de Meio Ambiente e Agricultura, Simone Zambuzi, também estiveram presentes.


Cada PIP apresenta diversos indicadores ambientais, como conservação do solo e necessidade de recuperação de Áreas de Preservação Permanente (APP). Na ocasião, houve o plantio simbólico de 50 mudas de árvores nativas na Chácara São Joaquim.


Foram mapeadas as nascentes, cursos d’água, APPs, Reserva Legal (RL), vegetação nativa e uso do solo. Além disso, foi feito levantamento de uso econômico e saneamento rural das propriedades rurais participantes. Essas informações servirão como base para projetos de adequação ambiental das propriedades.


O Ribeirão Tabajara forma a represa Tabajara, principal fonte de abastecimento de Limeira. O curso d’água é afluente do Ribeirão do Pinhal e ambos desaguam no Rio Jaguari em Americana (SP), que juntamente com o Rio Atibaia formam o Rio Piracicaba.


Desde que foi criada a Política de Proteção de Mananciais, a Agência das Bacias PCJ e Comitês PCJ investiram mais de R$ 2 milhões. As principais fontes são as cobranças pelo uso da água em rios de domínio da União e do Estado de São Paulo. As ações acontecem em diversos municípios das Bacias PCJ, orientadas por estudos técnicos que apontam os corpos d’água prioritários e estratégicos para o abastecimento dos nossos municípios.


Conheça mais em https://agencia.baciaspcj.org.br/assessoria-ambiental/politica-de-mananciais/


Com informações da Assessoria Ambiental da Agência das Bacias PCJ e da Prefeitura de Limeira.





Fonte: Agência das Bacias PCJ

12 visualizações