Sumário da água

Blog da REBOB

CBHSF participa do lançamento do livro “O Baixo São Francisco: características ambientais e sociais”

Presidente do CBHSF participa do lançamento do livro “O Baixo São Francisco: características ambientais e sociais”



Um momento especial e histórico! Assim foi o lançamento do segundo volume do livro “O Baixo São Francisco: características ambientais e sociais”, que ocorreu na manhã desta terça-feira (16), no auditório da Reitoria da Universidade Federal de Alagoas, no Campus A.C. Simões, e contou com a presença do presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Maciel Oliveira.

O evento de lançamento contou inicialmente com a apresentação de um vídeo-documentário que mostrou um pouco das edições anteriores da Expedição Científica. Após a apresentação do vídeo, que trouxe a trajetória e ações da expedição, foi o momento da formação da mesa com representantes e parceiros da expedição. Mas, antes de iniciarem suas falas ocorreu a bela apresentação do cordelista e poeta alagoano, Jorge Calheiros, que também é patrimônio vivo de Alagoas. Ele foi acompanhado pelo cantor Eduardo Pereira. Ambos foram muito aplaudidos após a apresentação.

Em sua fala, a procuradora da República do Ministério Público Federal (MPF) em Alagoas, Juliana Santa Rosa, celebrou o trabalho realizado pela equipe da Expedição Científica. “É um trabalho que toca o coração. Desde a infância cruzei o rio São Francisco e fico feliz em saber do empenho, alegria e entusiasmo de vocês para cuidar dele. Parabéns pela iniciativa e por mudar a vida dos ribeirinhos. A ciência aqui é praticada com o intuito de salvar vidas”, disse.

Segundo o superintendente da Secretaria do Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas (SEMARH), Marcelo Ribeiro, a Expedição Científica hoje é uma referência nacional. “Começou modesta e agora está grandiosa. Trouxe diagnósticos e muitos resultados retirados do rio São Francisco. A SEMARH se engaja nesse processo e colabora com vocês estruturando parcerias em benefício do Velho Chico. Reitero em nome do secretário Gino César, o apoio e a parceria com a expedição.

O presidente do CBHSF, Maciel Oliveira, agradeceu a todos que fazem parte da Expedição Científica desde o princípio. “Um deles é o Antônio Jackson que foi fundamental para o pontapé inicial. Temos muito orgulho de tê-lo conosco. Nós investimos na expedição porque sabemos da seriedade e do quanto a ciência é necessária, bem como as políticas públicas. Esse livro é resultado do conhecimento e do trabalho científico. Tudo que foi realizado até hoje tem como base a ciência, informações técnicas e traz especialistas competentes, envolvidos com o trabalho e ações com ribeirinhos, indígenas e quilombolas. A expedição é uma grande lição de conhecimento. Fico extremamente feliz em ver a expedição consolidada não só como presidente, mas como ribeirinho. Vocês estão de parabéns! Acreditamos desde o início e continuaremos a investir neste trabalho sensacional”, comentou de maneira emocionada.

O coordenador-geral das expedições e um dos organizadores do livro, Emerson Soares, agradeceu todo o apoio recebido, inclusive o que é dado desde o início pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. “Agradeço ao Comitê em nome do presidente, Maciel Oliveira e do membro Anivaldo Miranda. Meus agradecimentos se estendem a cada expedicionário e aos parceiros que fazem as expedições acontecerem. Cada um dos que estão envolvidos nesta expedição merece ser exaltado pelo grande trabalho que realiza e pela grande colaboração que engrandece este projeto”.

Confira mais fotos do evento de lançamento do livro: Sobre o livro, fruto de uma parceria com a editora da UFAL, traz em seu segundo volume 23 capítulos estruturados por grandes áreas do conhecimento científico, de forma que a organização da escrita facilita a leitura e o entendimento por parte dos leitores. Nele estão os resultados das pesquisas mais atuais sobre a região do Baixo São Francisco, em formato impresso e virtual. O livro tem como organizadores Emerson Carlos Soares, José Vieira Silva e Themis Jesus Silva.

O leitor terá neste livro acesso aos dados científicos e às análises que mostram como encontra-se a região pesquisada, situada entre os Estados de Alagoas e Sergipe. São pesquisas em relação à qualidade da água, contaminantes, mata ciliar, assoreamento, peixes, geoprocessamento, solo, genotoxicidade, pesca, histopatologia, bem como a saúde pública e bucal da população ribeirinha, manguezal e arqueologia subaquática.

As Expedições Científicas do Baixo São Francisco são uma realização da Universidade Federal de Alagoas e têm como investidores o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), a Secretaria do Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas (SEMARH) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (Fapeal).

A vice-reitora da UFAL, Eliana Cavalcanti, pontuou que a expedição deve ser comemorada. “A expedição só cresceu e tudo isso se deu pelo trabalho realizado por cada um dos pesquisadores. Saímos da universidade, da zona de conforto para ir às comunidades, vivenciar o que eles vivenciam. Se não enxergarmos a importância que o Velho Chico tem, ele irá desaparecer. Agradeço a força e a coragem dos coordenadores da expedição que trabalham para entregar os resultados e a favor do Velho Chico”. “A expedição é esse sucesso porque tem lideranças que fazem acontecer. O rio São Francisco ganhou voz através desse trabalho realizado pela grande equipe de pesquisadores”, finalizou Antônio Jackson, membro do CBHSF e conhecido como mestre do rio.

A abertura da 5ª Expedição Científica acontecerá no município de Piranhas (AL) com a presença de diversas instituições e parceiros. Haverá o ‘esquenta’ para a Bienal do Livro, feira de artesanato, a apresentação do projeto Berçário do São Francisco, a apresentação do trailer do filme “O Imperador e o Rio, exposição do museu Velho Chico, a apresentação do Planetário e Oceanário nas ações de educação ambiental, peixamento de espécies nativas e ações de pesquisas sociais com a população e no Velho Chico.

Segue cronograma da Expedição Científica, que será de 03 a 12 de novembro deste ano:

03.11 – Piranhas (AL) 04.11 – Pão de Açúcar (AL) 05.11 – Gararu (SE)/Traipu (AL) 06.11 – São Brás (AL) 07.11 – Propriá (SE) 08.11 – Igreja Nova (AL) 09.11 – Penedo (AL) 10.11 – Penedo (AL) e Piaçabuçu (AL) 11.11 – Foz do São Francisco (AL)/Brejo Grande (SE) 12.11 – Penedo (AL)

Assessoria de Comunicação do CBHSF: TantoExpresso Comunicação e Mobilização Social *Texto: Deisy Nascimento *Fotos: Edson Oliveira

8 visualizações