top of page
Sumário da água

Blog da REBOB

Conheça a lista final de entidades habilitadas para nova composição do CBH Rio das Velhas



O Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM) divulgou, na última quinta-feira (23), a relação de instituições habilitadas no processo eleitoral que vai definir a composição do CBH Rio das Velhas para o quadriênio 2023/2027.


Após o julgamento dos recursos apresentados por instituições que haviam sido preliminarmente inabilitadas, o resultado final mostrou 67 instituições habilitadas, sendo 13 do poder público estadual, 15 do poder público municipal, 17 usuários de recursos hídricos e 22 organizações da sociedade civil. 11 instituições dos quatro segmentos não foram habilitadas.


A próxima etapa do processo eleitoral prevista pelo cronograma do IGAM é a realização de reuniões dos segmentos: Poder Público Estadual; Poder Público Municipal; Usuários e Sociedade Civil. A previsão é de que estas reuniões aconteçam entre os dias 03 e 24 de março. As instituições terão até o dia 30 de abril para indicar os representantes e, até o dia 30 de junho, haverá a reunião de posse dos novos membros e a eleição da nova diretoria.


Confira a lista final na íntegra:


Instituições Habilitadas


Poder Público Estadual

1. Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário de Minas Gerais – ARSAE 2. Instituto Mineiro de Gestão das Águas – Igam 3. Secretaria de Estado de Saúde – SES 4. Instituto Estadual de Florestas de Minas Gerais – IEF 5. Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais – IEPHA 6. Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais – IDENE 7. Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais – EMATER 8. Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Belo Horizonte – ARMBH 9. Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – SEMAD 10. Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais – EPAMIG 11. Polícia Militar de Minas Gerais – PMMG 12. Secretaria de Estado de Agricultura Pecuária e Abastecimento – SEAPA 13. Fundação Estadual do Meio Ambiente – FEAM


Poder Público Municipal

1. Consórcio Regional de Saneamento Básico Central de Minas – CORESAB 2. Município de Rio Acima 3. Município de Ouro Preto 4. Município de Itabirito 5. Município de Nova Lima 6. Município de Funilândia 7. Município de Jequitibá 8. Município de Belo Horizonte 9. Município de Lagoa Santa 10. Município de Nova União 11. Município de Pedro Leopoldo 12. Município de Contagem 13. Município de Santa Luzia 14. Município de Ribeirão das Neves 15. Município de Baldim


Usuários de Recursos Hídricos

1. Cemig Geração e Transmissão S.A 2. Companhia de Saneamento de Minas Gerais – Copasa 3. Sindicato dos Produtores Rurais de Curvelo 4. Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Caeté – SAAE Caeté 5. Vale S.A. 6. Instituto Brasileiro de Mineração – IBRAM 7. Serviço Autônomo de Saneamento Básico – SAAE Itabirito 8. Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais – Fiemg 9. CSN Cimentos Brasil S.A 10. Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais – FAEMG 11. Sindicato dos Produtores Rurais de Corinto 12. Gerdau Açominas S/A 13. AngloGold Ashanti Córrego do Sítio Mineração 14. CSN Mineração S.A 15. Sindicato Intermunicipal das empresas de geração, transmissão e distribuição de energia do Estado de Minas Gerais – SINGTD 16. Associação Brasileira de Geração de Energia Limpa – ABRAGEL 17. Serviço Autônomo de Água, Esgoto e Saneamento Urbano – SAAE Sete Lagoas 18. Sindicato Rural de Pedro Leopoldo


Sociedade Civil

1. Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES 2. Associação para a proteção ambiental do Vale do Mutuca – Promutuca 3. Associação dos Moradores e Produtores da Agricultura Familiar de Campo Alegre, Capim Branco, Serragem, Boquinha, Recanto, Varginha, Marmelada e Olhos D’água do município de Morro da Garça/MG 4. Instituto Guaicuy 5. Associação de Desenvolvimento Artes e Ofícios – ADAO 6. Associação Quadrilátero das Águas – AQUA 7. Conselho Regional de Engenharia e Agrononomia de Minas Gerais – CREA-MG 8. Associação de Resistencia Cultural da Comunidade Quilombola Manzo Ngunzo Kalango 9. Movimento Artístico, Cultural e Ambiental de Caeté – MACACA 10. Associação Comunitária de São Gonçalo do Bação 11. ONG Conviverde 12. Associação dos Moradores e Amigos dos bairros Luxemburgo, Coração de Jesus e Vila Paris – AMALUX 13. Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais – CEFET-MG 14. Associação Comunitária dos Chacareiros do Maravilha – ACOMCHAMA 15. Associação Movimento Lagoa Viva – SOS Lagoa de Santo Antônio 16. Associação de Doceiros e Agricultores Familiares de São Bartolomeu – ADAF 17. Comunidade Indígena Borum-Kren 18. Fórum Nacional da Sociedade Civil na Gestão de Bacias Hidrográficas – FONASCCBH 19. Comunidade Quilombola de Mangueiras 20. Universidade Federal de Minas Gerais – Escola de Arquitetura 21. Conselho Regional de Biologia da 4ª Região – CRBIO-04 22. Ordem dos Advogados do Brasil – OAB 23. Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgoto do Estado de Minas Gerais – SINDÁGUA

Instituições Inabilitadas

Poder Público Municipal 1. Município de Cordisburgo 2. Município de Felixlândia


Usuários de Recursos Hídricos

1. Peripatus Ecotur 2. Sindicato Rural de Buenópolis


Sociedade Civil

1. Associação dos Artesãos de Felixlândia 2. Instituto Ibi Aua – Gente da Terra 3. Conselho de Desenvolvimento do Mangabal e Lago de Três Marias – CODEM 4. Associação Comunitária do Ribeiro Manso 5. Associação Comunitária do Mucambinho e Morcego 6. Associação de Pequenos Produtores Rurais do Morro da Cabeça do Município de Felixlândia 7. Associação dos Feirantes de Felixlândia – ASFEF


Acesse a Relação Final do IGAM na íntegra.

De acordo com o Decreto Estadual nº 39.692/1998, que instituiu o CBH Rio das Velhas, serão renovadas todas as 56 vagas, dentre titulares e suplentes, distribuídas entre os segmentos de forma paritária:

  • 14 vagas para o Poder Público Estadual;

  • 14 vagas para o Poder Público Municipal inseridos na Circunscrição Hidrográfica;

  • 14 vagas para representantes de usuários de recursos hídricos inseridos na Circunscrição Hidrográfica;

  • 14 vagas de representantes de entidades da sociedade civil com atuação na Circunscrição Hidrográfica.

O IGAM coordenará juntamente com a Comissão Eleitoral, eleita pela Plenária do Comitê, o processo eleitoral competindo a prática de todos os atos e decisões: processo de habilitação das entidades cadastradas, julgamento de recursos, entre outros pertinentes à condução do processo.


A Comissão Eleitoral é composta pelos seguintes membros: Fúlvio Rodriguez Simão (EPAMIG), Nádja Murta Apolinário (Prefeitura Municipal de Ouro Preto), Heloísa Cristina França Cavallieri Pedrosa (Serviço Autônomo de Saneamento Básico de Itabirito) e José de Castro Procópio (Associação de Desenvolvimento de Artes e Ofícios – ADAO).


Confira as etapas e prazos do processo:



Para mais informações, acesse: https://comites.igam.mg.gov.br/

Assessoria de Comunicação do CBH Rio das Velhas: TantoExpresso Comunicação e Mobilização Social *Foto: Bianca Aun


Fonte: CBH Rio das Velhas

9 visualizações
bottom of page