top of page
Sumário da água

Blog da REBOB

Diretor da ANA discute água e clima em evento internacional no Marrocos


Diretor Mauricio Abijaodi representa a ANA na 3ª Conferência Internacional sobre Água e Clima

A Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) está sendo representada pelo diretor Mauricio Abijaodi na 3ª Conferência Internacional sobre Água e Clima, entre 6 e 7 de julho, na cidade marroquina de Fez. O evento é organizado pelo Ministério de Obras Públicas e Água do Marrocos, pela Rede Internacional de Organizações de Bacias (RIOB) e pelo Conselho Mundial da Água (WWC na sigla em inglês).


Durante a 3ª Conferência o diretor Mauricio Abijaodi fará uma apresentação sobre compromissos que envolvem os comitês de bacias hidrográficas para a implementação da Agenda 2030 com foco na temática da água. O dirigente abordará a governança brasileira para recursos hídricos, a situação do saneamento básico no Brasil, a situação do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável nº 6 (ODS 6) – Água Limpa e Saneamento, assim como a relação entre as mudanças climáticas e a água.


No evento o diretor Mauricio Abijaodi destaca a necessidade de adaptação ao cenário do clima global. "A mudança climática é um desafio para todos e o caminho a seguir é na direção de uma economia de baixo carbono para reduzir as emissões globais de gases de efeito estufa. Já sentimos os efeitos das mudanças climáticas. Por isso´, precisamos nos adaptar a eles”, destaca o dirigente.


Um dos objetivos desse encontro é relacionar as discussões da Conferência das Nações Unidas sobre Água – realizada em março deste ano em Nova Iorque e que contou com a participação do diretor Mauricio Abijaodi – e a 28ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP28), que acontecerá entre 30 de novembro e 12 de dezembro em Dubai, Emirados Árabes Unidos.


Além disso, a 3ª Conferência Internacional sobre Água e Clima tem como foco a gestão de bacias hidrográficas como chave para a adaptação e alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Durante o encontro serão discutidos diversos temas, como: inovação e tecnologias para economia de água, gestão de águas subterrâneas, governança da água e compromissos para as bacias hidrográficas no contexto da Agenda 2030 na temática da água.


O evento terá cerca de 500 participantes e contará com a presença de representantes de Estado, agências da Organização das Nações Unidas (ONU), organizações internacionais, doadores bilaterais e multilaterais, organismos de bacias nacionais e transfronteiriças, além de autoridades regionais e locais.

ODS 6

O ODS 6 Água Potável e Saneamento busca assegurar a disponibilidade e a gestão sustentável da água e saneamento para todos os países-membros da Organização das Nações Unidas (ONU) até 2030. Sua meta 6.3 é de melhorar a qualidade da água por meio da queda da poluição e o estímulo à reutilização do recurso. A meta 6.4 prevê aumentar a eficiência do uso da água em todos os setores e reduzir o número de pessoas que sofrem com a escassez hídrica. Segundo a meta 6.5, os países deverão implementar a gestão integrada de recursos hídricos, inclusive via cooperação transfronteiriça no caso de águas internacionais. Já a meta 6.6 é de proteger e restaurar ecossistemas relacionados à água, como aquíferos e zonas úmidas.


Estagiária Gabi Siqueira sob supervisão de Raylton Alves

Assessoria Especial de Comunicação Social (ASCOM) Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) (61) 2109-5129/5495/5103


Fonte: Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA)

20 visualizações

Comentários


bottom of page