Sumário da água

Blog da REBOB

Encerramento do 9º Fórum Mundial da Água apresentou a Declaração “Acordo Azul”


Encerramento do 9º Fórum Mundial da Água apresentou a Declaração “Acordo Azul”, que sugere diretivas para a gestão de Recursos Hídricos


Na última sexta-feira, dia 25, aconteceu a Cerimônia de Encerramento do 9º Fórum Mundial da Água, em Dacar, no Senegal, na qual foi apresentada a todos os participantes a declaração intitulada “Acordo Azul”, com o objetivo de se buscar o acesso universal à água e saneamento, com garantias de financiamento e governança inclusiva, além de fortalecer a cooperação.


“O documento é focado em quatro grandes áreas, cuja meta principal é acelerar a implementação de políticas públicas para o acesso à água tratada e saneamento por todos, por meio de estruturas legislativas adequadas”, disse o Secretário Executivo do 9ª Fórum Mundial da Água, Abdoulaye Sène, ao apresentar a declaração, durante a Cerimônia de Encerramento.


A declaração também enfatiza a necessidade de mobilizar todos os stakeholders por meio de estratégias integradas e inclusivas. O texto é o resultado de três anos de preparação para o Fórum, somado a uma semana de intensas trocas de experiências entre importantes atores de Gestão da Água, tendo como coordenador o Conselho Mundial da Água.


“Todos foram convidados a adotar planos de gestão sustentáveis ​​e integrados na preservação dos recursos hídricos e ecossistemas, além de garantir a resiliência frente às alterações climáticas e à pressão demográfica. Serão postas em prática estratégias para sensibilizar a comunidade sobre essas questões e encorajar uma mudança com viés mais sustentável e modos responsáveis ​​de produção e consumo”, disse Abdoulaye Sene.


O documento também destaca a importância de reforçar a proteção das zonas húmidas e incentivar a conservação dos sistemas de abastecimento, reciclagem e reaproveitamento de efluentes tratados. A declaração também enfatiza a mobilização de recursos financeiros públicos, tanto para o desenvolvimento de parcerias, como também para investir em infraestrutura de saneamento básico e desenvolver trabalhos, que os senegaleses chamaram “azul” e “verde”, voltados especialmente para jovens, mulheres e moradores de zonas rurais, comprometidos com a causa da água.


Compartilhando da mesma opinião, o copresidente do Fórum, Philippe Lagarde, destacou a opção do Conselho Mundial da Água em encorajar o estabelecimento de mecanismos de financiamento, bem como investimentos do setor privado, voltados para as áreas de água e saneamento.


Os stakeholders que assinaram a declaração, compostos pelos representantes do Conselho Mundial da Água, governos e sociedade sivil, se comprometeram em aprimorar os modelos de financiamento internacional para gerar mais investimento em água e saneamento. Na visão dos palestrantes da Cerimônia de Encerramento, o Fórum de Dakar “teve uma participação forte e de qualidade, o que o torna um sucesso histórico em todos os aspectos”.


Para baixar a Declaração “Acordo Azul”, clique aqui.


Fonte: PCJ

88 visualizações