Sumário da água

Blog da REBOB

GT irá viabilizar a execução do Modelo de Gestão do Canal Adutor do Sertão Alagoano

Após o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) entregar o Modelo de Gestão do Canal Adutor do Sertão Alagoano ao governador de Alagoas, Paulo Dantas, agora é o momento de dar prosseguimento às reuniões para o encaminhamento das próximas etapas que terão a finalidade de colaborar para a execução do projeto.



No dia 26 de julho foi realizada uma reunião com o grupo de trabalho que está discutindo o passo a passo a ser dado. O presidente do CBHSF, Maciel Oliveira, esteve presente na reunião, que ocorreu no Palácio do Governo, e contou com a presença da secretária do Gabinete Civil, Luiza Barreiros, bem como da SEMARH, SEINFRA e da CASAL.


De acordo com Maciel Oliveira, a reunião é o desdobramento da entrega do Modelo de Gestão do Canal do Sertão Alagoano proposto pelo CBHSF. O documento foi entregue ao governador Paulo Dantas, que solicitou ao Gabinete Civil e às secretarias um cronograma para sua execução. “Ampliamos as discussões e o que é necessário ser feito para que a gente alcance o objetivo desejado, planejado. Ficou definido que já ia ser tramitado junto à Procuradoria Geral do Estado e nos órgãos internos, o seu prosseguimento. O cronograma já foi iniciado e agora faremos todos os esforços a fim de agilizar a sua execução, que trará muitos benefícios aos alagoanos”, disse.


Gino César, secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas, explicou que será preparado um calendário de ações com o objetivo de consolidar o plano. “Nós fizemos a reunião de trabalho com todos os atores envolvidos e ampliaremos para a PGE a fim de viabilizar o Projeto de Lei que transfere o ativo do Canal do Sertão para a CASAL. Em paralelo a isso, a Luiza Barreiros fará com a PGE uma minuta dentro do que discutimos. Importante deixar claro que o governador referenda o Modelo de Gestão. A partir de agora serão feitos alguns ajustes para prosseguirmos criando condições de, no menor tempo possível, conseguirmos fechar um calendário e realizar as ações necessárias para implantação”, finalizou.


Assessoria de Comunicação do CBHSF: TantoExpresso Comunicação e Mobilização Social *Texto: Deisy Nascimento *Fotos: Eugênio Cavalcante

14 visualizações