Sumário da água

Blog da REBOB

Três lotes do Cinturão das Águas do Ceará (CAC) são inaugurados nesta quarta-feira (23)

Investimento total do Governo Federal na obra, essencial para garantir a segurança hídrica de 4,5 milhões de pessoas da região, é de R$ 1,2 bilhão


Construída pelo governo do estado, a obra do CAC recebeu investimentos de R$ 1,2 bilhão do Governo Federal
Construída pelo governo do estado, a obra do CAC recebeu investimentos de R$ 1,2 bilhão do Governo Federal

Brasília (DF) – Foi inaugurado, nesta quarta-feira (23), três lotes do primeiro trecho do Cinturão das Águas do Ceará (CAC), infraestrutura hídrica considerada essencial para garantir a segurança hídrica da região metropolitana de Fortaleza. Construída pelo governo do estado, a obra recebeu investimentos de R$ 1,2 bilhão do Governo Federal, que incluem o trecho finalizado e outros ainda em execução.


“O Cinturão das Águas do Ceará é um empreendimento vital para a segurança hídrica da população de Fortaleza e de cidades próximas. Além disso, com a certeza de continuidade, estamos fomentando a manutenção de empregos e contribuindo com a economia local, sobretudo nesse momento de pandemia. O compromisso do Governo Federal é em não paralisar as obras”, afirmou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, que foi representado na cerimônia pelo diretor-geral do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (DNOCS), Fernando Leão.


O trecho inaugurado, que corresponde aos lotes 1, 2 e 5, faz a transposição de água para o Riacho Seco, saindo do leito natural até os Rios Salgado e Jaguaribe e, por fim, o Açude Castanhão, que posteriormente transfere água para a Região Metropolitana de Fortaleza, beneficiando 4,5 milhões de pessoas. Também receberão as águas do CAC 24 cidades cearenses localizadas entre a Barragem de Jati e a Travessia do Rio Cariús.


Em todo o projeto, são 145,3 km de caminhamento, compreendendo segmentos de canal a céu aberto, túneis e sifões, com a função de aduzir a água derivada da barragem Jati, no município de mesmo nome, situada no Eixo Norte da transposição do Rio São Francisco, na região hidrográfica do Rio Salgado, até as nascentes do Rio Cariús, no município de Nova Olinda, na região do Alto Jaguaribe.


Presente à cerimônia, o governador do Ceará, Camilo Santana, ressaltou a importância da água na vida das pessoas. “Nenhum país, nenhum estado se desenvolve sem ter água. Água e energia são fundamentais na infraestrutura de qualquer região, daí a importância dessa obra estruturante, destacou.


Fonte: Ministério do Desenvolvimento Regional

8 visualizações